Kiske/Somerville: review do álbum de estreia da dupla

Resenha - Kiske/Somerville - Kiske/Somerville

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Lucas Mosca
Enviar Correções  

9


Se algum dia o senhor Michael Kiske confirmar sua volta ao Helloween, eu não iria ficar nem um pouco surpreso. Afinal, desde que esse exímio cantor deixou o grupo alemão de heavy metal melódico, suas participações em bandas e projetos de pop /rock / hard / metal têm sido uma constante. Apesar de Kiske constantemente declarar que sua volta à banda que o lançou ao estrelato nos anos 80 está fora de cogitação, os sinais de que ele está cada vez mais próximo de tomar tal atitude são fortes.

publicidade

O álbum auto-intitulado do projeto Kiske/Somerville, é prova cabal disso. O disco, produzido pelo lendário baixista Mat Sinner (Primal Fear) chegou ao mercado no dia 24 de setembro, pouco mais de um mês após a liberação do primeiro single ao público. "Silence", a faixa em questão, novamente provara que a voz do alemão continua em plena forma – ainda mais contrastando com sua parceira. Se você não sabe ou se esqueceu quem é Amanda Somerville, segue a explicação: é uma cantora de música popular norte-americana que já participou de diversos projetos dentro do metal (entre eles: Epica, Edguy, Kamelot, Shaaman, Aina e Avantasia).

publicidade

As 11 demais faixas do play - incluindo a bônus - mesclam diversas fases da carreira do vocalista. Lembranças de Helloween (álbuns Chameleon e, mais sutilmente, Pink Bubbles Go Ape), Avantasia, Place Vendome e Aina – estas três últimas, principalmente – vêm à mente o tempo todo.

É difícil, e até desnecessário, rotular a música praticada pelo grupo – que conta, além da produção, com as composições de Sinner e Magnus Karlsson. Se você gostou (pelo menos um pouco) dos últimos trabalhos de Kiske, pode correr atrás deste novo disco do vocalista sem medo. Pode apostar, será curtição garantida - ainda mais com a bela voz de Amanda.

publicidade

Tracklist:
1. Nothing Left To Say (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
2. Silence (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
3. If I Had A Wish (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
4. One Night Burning (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
5. Arise (Sander Gommans & Amanda Somerville)
6. End Of The Road (Mat Sinner &J immy Kresic)
7. Don't Walk Away (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
8. Devil In Her Heart (Mat Sinner & Jimmy Kresic)
9. Rain (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
10. A Thousand Suns (Sander Gommans & Amanda Somerville)
11. Second Chance (Mat Sinner & Magnus Karlsson)
12. Set A Fire - Bonus (Sander Gommans & Amanda Somerville)

publicidade


Outras resenhas de Kiske/Somerville - Kiske/Somerville

Kiske/Somerville: Desafiando o desdém dos "true-skull"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Megadeth: O recadinho provocante da vocalista do HuntressMegadeth
O recadinho provocante da vocalista do Huntress

Metallica: os fantasticos carros de James HetfieldMetallica
Os fantasticos carros de James Hetfield


Sobre Lucas Mosca

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin