ReVamp: não chega a ser um dos melhores trabalhos de Floor

Resenha - ReVamp - ReVamp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedro Kirsten
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Após o fim do After Forever, em 2009, a vocalista Floor Jansen já deixava claro que pretendia montar uma nova banda o mais rápido possível. No final do ano foi revelado o nome da tal banda: ReVamp (renovar em inglês). A banda acaba de lançar seu álbum auto intitulado. Também participam do álbum o ex-tecladista do After Forever, Joost Van Den Broek, Waldemar Sorychta (guitarras e baixo) e Koen Herfst (bateria), porém estes não fazem parte da formação ao vivo da banda.

Rammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till LindemannSlayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda

Uma boa parte dos fãs de After Forever com certeza irá estranhar a sonoridade da banda nas primeiras audições. ReVamp é uma banda basicamente de Symphonic Metal, porém é mais pesado, o mesmo vale para as linhas vocais de Floor, mostrando novamente a versatilidade de sua voz. Porém, comparar as duas bandas não é a maneira correta de se avaliar e apreciar este trabalho.

Here's My Hell e Head Up High iniciam o álbum de maneira agitada. A primeira faixa é muito boa, com guitarras pesadas e uma boa melodia de teclado, além da participação do vocalista George Oosthoek, o único ponto fraco são os vocais guturais que não se encaixam tão bem na música. A segunda foi a primeira música a ser liberada na internet, continua bem pesada, mas não é tão boa quanto a anterior e boa parte do álbum.

Sweet Curse conta com a participação especial do vocalista Russell Allen da banda Symphony X, esta é uma bela balada, uma das melhores do álbum. O álbum também conta com a participação de Björn "Speed" Strid, do Soilwork, na música In Sickness 'Till Death Do Us Part: Disdain. Inclusive todas as músicas da "trilogia" In Sickness 'Till Death Us Part são boas, principalmente Disgraced, novamente com um bom trabalho vocal e de teclados.

Apesar do disco não possuir nenhuma música que possamos chamar de "ruim", faixas como Fast Forward, The Trial Of Monsters e Under My Skin não são destaques.

I Lost My Self encerra o álbum com estilo, em uma bela música apenas com piano e voz.

No geral ReVamp é um bom álbum, porém não chega a ser um dos melhores trabalhos de Floor Jansen, que abandona seu estilo lírico em algumas músicas. A banda não surpreende e algumas músicas têm praticamente a mesma "pegada" deixando o disco pouco variado. Mas ainda há espaço para ótimas canções que merecem serem ouvidas.

O fato de a banda ser recém-formada deve ser levado em consideração, pois sua sonoridade ainda está ganhando forma. Talvez este álbum seja um processo de transição para os futuros trabalhos da banda, mas isso só os próximos álbuns poderão nos dizer.

Faixas:
Here's My Hell - 5:12
Head Up High - 3:32
Sweet Curse - 4:16
Million - 4:20
In Sickness 'Till Death Do Us Part: All Goodbyes Are Said - 3:32
Break - 4:06
In Sickness 'Till Death Do Us Part: Disdain - 3:32
In Sickness 'Till Death Do Us Part: Disgraced - 3:28
Kill Me With Silence - 3:56
Fast Forward - 3:57
The Trial Of Monsters - 4:20
Under My Skin - 4:07
I Lost Myself - 3:30


Outras resenhas de ReVamp - ReVamp

Revamp: Um disco elegante e de personalidade




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Revamp"


Nightwish: Floor é uma profissional de alto nívelNightwish
"Floor é uma profissional de alto nível"

Floor Jansen: deveria acabar este lance de Metal com vocais femininosFloor Jansen
Deveria acabar este lance de "Metal com vocais femininos"

Nightwish: Encontros com fãs são luxo, não obrigação, diz FloorNightwish
"Encontros com fãs são luxo, não obrigação", diz Floor


Rammstein: Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!, diz Till LindemannRammstein
"Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann

Slayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela bandaSlayer
Fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda

Separados no nascimento: Alice Cooper e GretchenSeparados no nascimento
Alice Cooper e Gretchen

Slash: Comentários sobre Guns, pornstars e Michael JacksonSlash
Comentários sobre Guns, pornstars e Michael Jackson

Separados no nascimento: Dave Mustaine e Mika HakkinenSeparados no nascimento
Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Em 16/08/1977: Morre Elvis PresleyEm 16/08/1977
Morre Elvis Presley

John Lennon: o maior ícone dos últimos 60 anos, segundo NMEJohn Lennon
O maior ícone dos últimos 60 anos, segundo NME


Sobre Pedro Kirsten

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClioIL