Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemAC/DC: Angus Young comenta a capa de "Highway to Hell" e a morte de Bon Scott

imagemO curioso aprendizado de Bruno Sutter ao trabalhar com Gugu Liberato


Stamp

Winger: o álbum mais completo já liberado pela banda

Resenha - Karma - Winger

Por Ben Ami Scopinho
Em 26/01/10

Nota: 8

Ainda que parte do público considere o Winger como uma banda descartável, isso não impediu que o mesmo emplacasse vários hits (um tanto quanto sentimentalóides, diga-se) no apogeu comercial do Hard Rock norte-americano. Mas não teve jeito, a onda Grunge veio com tudo e fez com que o grupo encerrasse suas atividades para somente retornar em 2006 com "IV", um álbum conceitual cuja sonoridade, pouco em comum com o apresentado no passado, pegou muita gente de surpresa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bom, certamente "Karma" surge para reverter a sensação sombria que seu antecessor transmitia... Seja propositadamente ou não, praticamente todas as características apresentadas nos três primeiros álbuns do Winger estão presentes nas novas composições. Tudo está devidamente amarrado e atualizado, além de possuir uma vibração algo mais suja que proporciona uma maior credibilidade ao repertório.

Essa falta de polidez também aumenta a sensação de que algumas das faixas mais pesadas da história do grupo estão neste novo álbum – atentem para "Deal With The Devil", "Stone Cold Killer" e "Pull Me Under" – onde até mesmo o comportado Kip encara algumas linhas vocais mais agressivas, o que é uma raridade em sua carreira. E, ainda que sua voz continue correta como sempre, é o inspirado trabalho do guitarrista Reb Beach o maior responsável pelo brilho e sofisticação que tantas destas composições possuem.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim, entre ocasiões agradáveis como "Supernova", "Feeding Frenzy" e a longa balada "Witness", canção após canção existe uma consistência na qualidade, revelando uma banda que conseguiu se aperfeiçoar ao retornar às origens. Um feito e tanto, que possibilita que "Karma" venha a ser considerado como o álbum mais completo já liberado pelo Winger.

Contato:
http://www.wingertheband.com
http://www.myspace.com/wingertheband

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kip Winger - voz, baixo e teclados
Reb Beach - guitarra
John Roth - guitarra
Rod Morgenstein - bateria e piano

Winger – Karma
(2009 / Frontiers Records - importado)

01. Deal With The Devil
02. Stone Cold Killer
03. Big World Away
04. Come A Little Closer
05. Pull Me Under
06. Supernova
07. Always Within Me
08. Feeding Frenzy
09. After All This Time
10. Witness
11. First Ending

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

AOR: dez álbuns essenciais dos anos noventa

Whitesnake: Reb Beach defende uso de bases pré-gravadas em shows


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.