Little Caesar: música que está há décadas em seus corações

Resenha - Redemption - Little Caesar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho, Tradução
Enviar Correções  

8


Oras, vejam quem está retornando! O Little Caesar foi uma das mais interessantes bandas que passou despercebida pelo grande público na fase áurea do Hard Rock norte-americano. Estes californianos repudiavam completamente o cuidadoso visual glam – os caras pareciam ser de uma gangue de motoqueiros – e liberaram entre 1989 e 1998 quatro registros que vinham embebidos no bom e velho blues. E é claro que tanta substância não poderia dar muito certo numa época em que as atenções estavam voltadas para nomes como Winger ou Poison...

De qualquer forma, agora, com exceção do guitarrista Apache, todos os membros da formação clássica estão presentes em "Redemption", seu primeiro álbum em 17 anos. Nível capilar reduzido, número de tatuagens ampliadas e com aquele visual de 'tiozinhos em condicional que você não deve se meter', os bons amigos tocam a mesmíssima música que está há décadas em seus corações, a legítima mescla Hard Rock com Rhythm & Blues que indiscutivelmente sobreviveu ao teste do tempo e encontra adeptos nas mais variadas gerações.

publicidade

Esqueça a pretensão pela tão almejada fama e fortuna, pois composições como "Same Old Story", "Supersonic", a mais pesada "Sick And Tired" ou a balada que dá título ao CD são saudáveis exemplos do que o ouvinte encontrará por aqui. Ou seja, a bem-vinda descontração de quem está de bem com a vida ao brincar com sonoridades influenciadas por Bad Company, Mott The Hoople, AC/DC, Humble Pie ou Rolling Stones, tendo como grande vantagem um vocalista bluesy com o talento de Ron Young.

publicidade

A indústria fonográfica mudou drasticamente, mas, em muitos casos, a música não. Este disco até pode ser encarado como uma viscosa cuspida sobre a Geffen Records, que sacaneou tanto o Little Caesar na primeira metade dos anos 90 e forçou o grupo a um ostracismo nunca bem aceito por Ron Young. Aliás, falando sobre este cantor, não é todo mundo que pode se vangloriar de ter quebrado uns tacos de sinuca na cabeça de um famoso governador da Califórnia, não é mesmo? Ou ninguém se lembra desta cena no filme 'O Exterminador do Futuro II'...?

publicidade

Contato:
http://www.myspace.com/littlecaesarband

Formação:
Ron Young - voz
Loren Molinare - guitarra
Joey Brasler - guitarra
Fidel Paniagua - baixo
Tom Morris - bateria

Little Caesar - Redemption
(2009 / Dirty Deeds - importado)

01. Same Old Story
02. Supersonic
03. Loving You Is Killing Me
04. Witness Stand
05. Redemption
06. Sick And Tired
07. Real Rock Drive
08. That Was Yesterday
09. Every Picture Tells A Story
10. Just Like A Woman

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Slipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey TaylorSlipknot
Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin