Daniel Pique: um verdadeiro triunfo das 6 cordas

Resenha - Boo!! - Daniel Pique

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Giorgio Moraes
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Eis aqui um guitarrista que não tem medo, vergonha ou qualquer sombra de receio quando o assunto é experimentar sonoridades, timbres e variações rítmicas. Essa postura ousada e nem um pouco catedrática faz com que "Boo!!", seu CD de estréia, soe como um verdadeiro triunfo das 6 cordas!

5000 acessosKing Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance

Natural de Minas Gerais, Daniel Pique recrutou uma trupe de 1ª linha para construir "Boo!!". Encabeçada pelo lendário Billy Sheehan no baixo, a banda ainda conta com Mike Mangini na bateria (Steve Vai); além da dupla Yaniel Matos (Kiko Loureiro) e Fabio Laguna (Hangar) nos teclados. O clima "loucos com um instrumento musical nas mãos" já se mostra em "Croak", tema de abertura que passeia por rítmos próximos ao Jazz e ao Blues sem abrir mão do peso e do groove inerentes às sonoridades mais atuais. Na sequência, Daniel exibe uma guitarra que muda de cadência a cada minuto com "Over Dee Moon". "Peacock Ink", com sua marcante introdução de bateria, é aquilo que o título sugere: uma verdadeira "tinta de pavão" que se derrama aos ouvidos, com direito a vozes e experimentalismos com tempos e timbragens. Outro destaque absoluto é "1960", 4º tema de "Boo!!", um instrumental onde guitarra e piano caminham de mãos dadas pelo precipício da dor e da saudade (a música é dedicada ao pai de Daniel, que faleceu durante o processo de pré-produção do álbum). Ainda sobra espaço para que os teclados bebam na inesgotável fonte dos Doors em "Colic", faixa que dá 'números finais' a esse verdadeiro sopro de vitalidade que é "Boo!!".

De maneira geral, posso afirmar - sem medo de errar ou de cometer exageros - que a guitarra de Daniel resmunga, grita, chora e fala manso - criando texturas dignas de Jimi Hendrix no famigerado álbum "Are You Experienced?". Diante de tal referência, só nos resta apreciar "Boo!!" e ter a certeza que essa nova safra de guitarristas nacionais não tem medo da música.

O Ministério da Saúde Musical adverte: ouça nas alturas.

Para conhecer mais:
http://www.myspace.com/danielpiqueofficial

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Daniel Piquê"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Daniel Piquê"

King DiamondKing Diamond
Alguém já viu Kim Petersen sem a maquiagem?

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Death MetalDeath Metal
Menina de 6 anos detona no America's Got Talent

5000 acessosSlipknot: 10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker Spaniel5000 acessos"Cê tá de brincadeira, né?": quando grandes nomes vacilam5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosBaixos: dez erros cometidos por baixistas nos solos.4322 acessosDream Theater: 10 dos melhores covers tocados pela banda

Sobre Giorgio Moraes

Giorgio Moraes, 33 anos, é formado em Letras. Natural do Rio de Janeiro, ele reside a 20 anos em São Luis do Maranhão. Tem em seu currículo shows como Raimundos, Detonautas, Skank, e a histórica apresentação dos Stones em Copacabana, no ano de 2006. Escritor, atualmente divulga seu 1º Ebook de poesia.

Mais informações sobre Giorgio Moraes

Mais matérias de Giorgio Moraes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online