Tren Loco: prato cheio do mais belo e tradicional Heavy

Resenha - Venas de Acero - Tren Loco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Aqui temos um veterano que está na ativa desde 1990! O argentino Tren Loco é oriundo de Buenos Aires e já teve a oportunidade de tocar ao lado de nomes como Saxon, Skid Row, Paul Dianno e Judas Priest. Agora, sob a tutela da Icarus Music, o conjunto está liberando seu sétimo álbum de estúdio, o nada menos que espetacular "Venas de Acero" e, ok, ok... É impossível não mencionar a semelhança da ilustração de sua capa com a de "Orgasmatron", clássico liberado pelo Motorhead em 1986. Mas e daí?

Ainda que o Heavy Metal Tradicional seja passível das mais variadas influências, este registro é interpretado com tanta elegância e honestidade que consegue passar por cima (ou atropelar mesmo!) de qualquer identidade musical. A pujança de seus integrantes é grande, e geralmente tudo gira ao redor das guitarras, devidamente apoiadas por uma seção rítmica pra lá de atuante e um vocalista consciente de seu potencial, que dá seu sangue enquanto canta e berra as letras tipicamente em castelhano.

publicidade

O repertório recebeu tal tratamento que acabou se tornando memorável, e seria uma injustiça citar alguma canção como real destaque. Mas vale mencionar que até mesmo o nosso Andre Matos (Angra, Shaman) colocou sua voz na faixa-título; além de o Tren Loco fazer uma bela versão do clássico "Preguntitas Sobre Dios", do artista Atahualpa Yupanqui. Ainda há dois bônus bem curiosos como a divertida "Pan Y Vino" e "Al Río Conlara", esta última uma delicada e brega concessão acústica, mas cuja inclusão valeu a pena.

publicidade

O disco também apresenta uma faixa multimídia com fotos, vídeos, trechos de suas excursões pela América Latina, e, entre outros mimos, até mesmo as características técnicas do Alcorozado Belgrano, navio argentino afundado pelos ingleses no ano de 1982 em uma zona que não era de combate, durante a Guerra das Malvinas, e que o Tren Loco rende sua homenagem na composição que leva o mesmo nome da embarcação.

publicidade

"Venas de Acero" é um prato cheio do mais belo e tradicional Heavy Metal, que comprova definitivamente uma qualidade e talento que o Tren Loco parece esbanjar a ponto de não dever absolutamente nada aos nomes consagrados do gênero. Indispensável ao headbanger que curte bandas oriundas da América Latina e sério candidato a um dos melhores álbuns do ano em seu estilo!

publicidade

Formação:
Carlos Cabral - voz
Cristian ‘Zombie’ Gauna - guitarra
Facundo Coral - guitarra
Gustavo Zavala - baixo
Dany Walter – bateria

Tren Loco – Venas de Acero
(2008 / Icarus Music – importado)

01. Venas De Acero
02. Al Compás De La Mentira
03. Acorazado Blegrano
04. Pueblo Motoquero
05. A Ultranza
06. Puertas De La Oscuridad
07. Bar El Ginebrazón
08. Preguntitas Sobre Dios
09. Guerra Gaucha
10. Pan Y Vino (bônus)
11. Al Río Conlara (bônus)

publicidade

Homepage: www.trenloco.net




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda suecaSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin