Vlad V: importante nome no underground da região sul

Resenha - Longe do Fim - Vlad V

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Talvez muitos dos leitores deste imenso Brasil desconheçam o nome Vlad V, mas esta banda de Blumenau (SC) é um dos mais importantes nomes no underground da região sul do país. Veterano cuja trajetória começou em 1994, o Vlad V tem como mentor o multi-instrumentista Jean Carlo, que desde então já liberou seis álbuns de estúdio que, além de alcançarem repercussão positiva na mídia especializada nacional, também foi angariando reconhecimento para além das fronteiras tupiniquins.
5000 acessosIron Maiden: uma releitura de "The Trooper" pelo Cine5000 acessosGuitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Todo esse tempo na estrada e tantas boas composições possibilitaram que chegassem à sua primeira coletânea, apropriadamente batizada de “Longe do Fim”, que dá uma geral em sua criativa fusão de Hard Rock, Progressivo, Blues e MPB. Os arranjos, sejam diretos ou mais requintados, têm no envolvente espírito setentista o elemento que obviamente dá o tom a todo o repertório.

Recheado de amenidades acústicas (grandes flautas!!!) ao lado de instrumentos elétricos, o idioma adotado desde o início de sua carreira foi o português, e é impossível deixar de mencionar a versatilidade das linhas vocais de Jean Carlo – compare, por exemplo, sua atuação em “Dança de Shiva”, o cover para “Mercedes Benz” (Janis Joplin) e “Lago Sagrado”.

Com uma identidade definida há tempos, as 21 canções são bastante diversificadas entre si e tornam a viagem musical de “Longe do Fim” uma aquisição óbvia para qualquer amante do gênero que não conheça o Vlad V, merecendo ainda ser conferido pelos fanáticos por ícones como Jethro Tull (a influência confessa dos catarinenses!), Zé Ramalho, Rush, Raul Seixas, Led Zeppelin, Alceu Valença, Janis Joplin e afins. Se você se encaixa neste perfil, não perca tempo!

Homepage: www.vladv.com.br

Formação:
Jean Carlo de Souza - voz, guitarra, violão, bandolim, harmônica e flauta
Claudio Castilho Reif - baixo
Flavio Theilacker - bateria

Vlad V – Longe do Fim Coletânea
(2008 / independente – nacional)

01. Entre as nuvens
02. Vento Sul
03. Doce lar dos malucos
04. Olhos da noite
05. Mercedes Benz (Janis Joplin)
06. Plantar, colher
07. Biafare
08. Mama
09. A espada e o dragão
10. Borboleta da noite
11. Vinte e poucos anos
12. Cavaleiros na paisagem
13. Na estrada
14. O pescador
15. Anjos da paz
16. Lago sagrado
17. Não se deixe levar por seus olhos
18. Filhos de uma era
19. Dança de Shiva
20. É hora de despertar
21. Longe do fim

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Vlad V"

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Guitar WorldGuitar World
As 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Sgt. PeppersSgt. Peppers
Tudo sobre o mais importante álbum da história do rock

5000 acessosEm vídeo: Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americano5000 acessosTraduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo5000 acessosBullet For My Valentine: vocal detonou Guns em turnê5000 acessosSteven Tyler: vocalista recusou-se a gravar com o Zeppelin5000 acessosMike Portnoy: o cara trabalha pra kct, será que ganha bem?5000 acessosMegadeth: as 10 melhores músicas que sempre ficam esquecidas

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online