Acariya: fama de ser a "banda mais barulhenta ao vivo"

Resenha - Acariya - Acariya

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Bem, desde que surgiu, o selo Hold True Recordings vem se caracterizando por ter em seu cast bandas norte-americanas da nova geração que não seguem uma linha comercial (ou anticomercial?) realmente definida. A gravadora encara de tudo: Punk, Hardcore, Heavy Metal extremo, ou tudo isso em um único grupo, mas geralmente tendo em comum as muitas melodias realmente grudentas.
5000 acessosDave Mustaine: boatos dizem que ele é tio de Hayley Williams5000 acessosAgressividade: 21 caras que fizeram a história do rock pesado

É claro que seu público-alvo tende a ser aquele mais alternativo e que não se prende aos rótulos que a mídia utiliza para definir o que aparece pelo underground mundo afora. Dito isto, a mais nova aquisição do Hold True é o Acariya, um excelente grupo de Boston (EUA), já com certa fama de ser a ‘banda mais barulhenta ao vivo’ de sua região e que agora está estreando com este EP auto-intitulado.

E, como era de se esperar, “Acariya” é um verdadeiro caos sonoro! Suas sete faixas apresentam desde os rudimentos do metal tradicional, não temem o esporrento Grind e em algumas ocasiões utilizam passagens tão quebradas que até dá para dizer que se insinuam pelo lado progressivo da coisa toda. Assim como as vocalizações, gritadas ou urradas, os arranjos nunca se abstém de cuidadosas melodias, por mais velozes que sejam.

Para situar o leitor, não seria de todo equivocado traçar um paralelo entre o Acariya e as bandas de Metalcore de seu país. A linearidade apresentada nos quase 27 minutos de audição é tal que fica complicado escolher algum destaque, as faixas são muito boas e o ouvinte, confesso, fica querendo mais. Um belo fruto do subterrâneo dos Estados Unidos, e que merece uma conferida pelos interessados no estilo.

Contato:
http://www.acariyamusic.com
http://www.myspace.com/acariya

Formação:
Josh - voz
Adam - guitarra
Luz - guitarra
Nick - baixo
Wood - bateria

Acariya – Acariya
(2008 / Hold True Recordings – importado)

01. My Darling, My Blood
02. A Call To Arms
03. The Understanding
04. I, Believer
05. Burning The Bridges
06. Engines Of Conviction
07. A Shift Forward

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Acariya"

Dave MustaineDave Mustaine
Boatos dizem que ele é tio de Hayley Williams

Hard & HeavyHard & Heavy
21 pessoas que fizeram a história do rock pesado

CompridasCompridas
As músicas mais longas de grandes bandas

5000 acessosCuriosidade: artistas que odeiam suas próprias músicas5000 acessosIron Maiden: Jimmy Page relembra Rock in Rio de 20015000 acessosLindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall5000 acessosMetallica: pela oitava vez no Rock In Rio, será que um dia cansa?5000 acessosGuns N' Roses: paródia de capa para DVD no Rock In Rio5000 acessosRush: Perguntas e Respostas e curiosidades sobre a banda

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online