Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemDavid Ellefson diz que ele e Mustaine são como "irmãos de mães diferentes"

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


2022/08/18
Stamp

Iced Earth: os últimos dez anos criaram uma nova banda

Resenha - Crucible of Man - Iced Earth

Por Bruno Pasquini
Em 10/11/08

Matthew Barlow está de volta! Somente isso poderia, para muitos, ser motivo para pensar que o Iced Earth voltaria aos Golden Years da fase "Burnt Offerings" (1995) e "The Dark Saga" (1996) ou até mesmo "Something Wicked This Way Comes" (1998), mas o lançamento do novo trabalho intitulado "The Crucible Of Man (Something Wicked Part II)", previsto para o final deste ano pela SPV / Hellion Records, te provará o contrário. Os últimos dez anos criaram um novo Iced Earth, muito diferente daquele dos primórdios, talvez por conta da recente fixação de Schaffer em álbuns épicos ou temáticos.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O álbum em questão trás o carismático e competentíssimo Matt de volta, e com ele parte do que faz do Iced Earth uma banda notável. Embora hora ou outra pareça meio enferrujado, as linhas vocais de Matt são um ponto alto deste trabalho, destaque para sua performance em ‘The Revealing’ e em ‘I Walk Alone’ canções que cabem em um set-list de apresentações ao vivo sem deixar o clima de um show esfriar. Já o resto do material em nada difere do que já vimos do Iced Earth nos últimos anos, produções grandiosas, composições com muitas mudanças de tempo e pegada e aquela sensação de Deja-vu. Em muitos momentos as músicas me lembravam o lançamento anterior da banda.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"The Crucible of Man (Something Wicked Part II)" encerra a trilogia iniciada em 1998 com o excelente "Something Wicked This Way Comes" de maneira pretensiosa, a história rendeu muitos frutos, nem todos muito bons é verdade, mas a grande maioria é muito proveitosa. ‘Something Wicked (Part 3)’ é uma música que surpreende, cheia de energia, riffs arrastados e bateria marcante, um momento que te faz voltar no tempo, assim como em ‘Behold the Wicked Child’, outro petardo, canções que valem o CD.

Ao final da audição deste novo trabalho do Iced Earth, surge uma pergunta: Será que Schaffer insistirá ainda em álbuns temáticos e épicos ou para os próximos lançamentos da banda podemos esperar por um Iced que nos lembre de fato àquele que nos faz sonhar com uma apresentação ao vivo no Brasil como foi aquela em Atenas em 1999 registrada no excelente "Alive in Athens"? É esperar para ver, no mais, vale a pena a espera ao som de "THE CRUCIBLE OF MAN (SOMETHING WICKED PART II)", um bom passa-tempo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Track-List
01. In Sacred Flames
02. Behold the Wicked Child
03. Minions of The Watch
04. The Revealing
05. A Gift or A Curse
06. Crown of the Fallen
07. The Dimensional Gauntlet
08. I Walk Alone
09. Harbinger of Fate
10. Crucify the King
11. Sacrificial Kingdoms
11. Something Wicked (Part 3)
12. Divide and Devour
14. Come What May
15. Epilogue


Outras resenhas de Crucible of Man - Iced Earth

Resenha - Crucible of Man - Iced Earth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Tim Owens: Saída do Iced Earth não foi amigável

Tim "Ripper" Owens foi aconselhado por Wendy Dio a cair fora do Iced Earth

Sedentos por Sangue: confira 5 belas canções sobre Vampiros

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Bruno Pasquini

24 anos, de São Paulo - SP, publicitário. Trabalha com marketing promocional na Editora Abril.

Mais matérias de Bruno Pasquini.