Headhunter: gravação moderna interferindo positivamente

Resenha - Parasite Of Society - Headhunter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


A trajetória do Headhunter não durou mais do que cinco ou seis anos... Formado na Alemanha em 1990, a banda liberou três álbuns e se tornou famosa por trazer em suas fileiras músicos como o vocalista e baixista Marcel 'Schmier' Schirmer (que havia recém-saído do Destruction), o baterista Jorg Michael (que posteriormente ingressou em bandas como Stratovarius, Axel Rudi Pell, Saxon, etc) e, por fim, o guitarrista Uwe 'Schmuddel' Hoffmann.

Debandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhorTop 5 Metallica: About.com elege os cinco melhores álbuns

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O fato é que, mesmo com Schmier e Jorg Michael devidamente ocupados com seus próprios compromissos, houve tempo para reativar o Headhunter, e trazendo novamente o mesmo Schmuddel para completar a formação! Assim sendo, esta volta fica marcada com seu quarto álbum, "Parasite Of Society", que inclusive está aportando agora no mercado brasileiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se algum dos leitores teve a oportunidade de escutar os antigos trabalhos da banda, perceberá como uma gravação moderna interfere positivamente no resultado final de qualquer canção. Os arranjos continuam simples neste novo disco, com o groove e velocidade do Thrash germânico mesclados às melodias galopantes do Power Metal, tudo cru e afiado, tendo mr. Schmier encarando até mesmo linhas vocais bem limpas em meio aos costumeiros gritos, e se saindo muito bem.

A versão 2008 do Headhunter convence pela diversidade de seu repertório, tendo como destaques absolutos a própria faixa-título e "Egomaniac", muito pesadas e enérgicas. Somente um cover se mostra deslocado: o trio alemão encarou "18 and Life", de ninguém menos que o Skid Row (é mole?!?), com um resultado, no mínimo, curioso - ou vazio mesmo...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Importante ressaltar o trabalho gráfico de "Parasite Of Society", que, como parece ter se tornado um padrão nos lançamentos da Laser Company nos últimos tempos, possui um acabamento de primeira linha, o que valoriza em muito o produto como um todo. Sem contar as incríveis ilustrações, algumas tão violentas que beiram o irônico!

Headhunter - Parasite Of Society
(2008 - AFM Records / Laser Company Records - nacional)

01. 3rd Man Introduction
02. Parasite Of Society
03. Silverskull
04. Remission
05. Doomsday For The Prayer
06. 18 And Life (cover do Skid Row)
07. Read My Lips
08. Backs To The Wall
09. Egomaniac
10. The Calling
11. Payback Time

Homepage: www.official-headhunter.com


Outras resenhas de Parasite Of Society - Headhunter

Headhunter: novo (e bom) CD lançado após 14 anos



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Headhunter"


Debandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhorDebandados
Saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhor

Top 5 Metallica: About.com elege os cinco melhores álbunsTop 5 Metallica
About.com elege os cinco melhores álbuns


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336