Xandria: finalmente rumo a um novo patamar

Resenha - Salomé: The Seventh Veil - Xandria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Se comparado com os nomes do estilo que venceram a nível comercial, não seria errado dizer que o Xandria atuou nas sombras durante seus 10 anos de atividades. Mas seu quarto álbum, "Salomé", mostra um equilíbrio e vigor que o transforma no ponto alto da carreira dos alemães, a ponto de elevá-la a um novo patamar.

Mesmo com o Xandria mostrando facetas que vão do óbvio metal melódico, passando por sugestões de gótico, pop e certas tendências ao progressivo em algumas passagens, seus músicos novamente investem com talento em várias referências da cultura oriental – atentem principalmente para a incrível "Sisters Of The Light" – o que leva a supor que seja neste fascínio que resida seu nicho, e é onde devam realmente explorar para se distinguir do que é oferecido pelo mercado.

publicidade

É claro que todo o esforço em proporcionar algo exótico, misterioso e elegante não interromperá as comparações com o Nightwish, ainda que o Xandria não ofereça nada tão bombástico ou operístico, que são os elementos com os quais Tuomas e Cia se tornaram famosos. Mas esta comparação é compreensível e não incapacita em nada a qualidade de "Salomé", pois sua audição é deliciosa e nela se encontram inúmeros momentos que surpreendem.

publicidade

A atmosférica abertura "Save My Life" é a uma das poucas realmente orientadas pelos teclados, enquanto o resto do repertório geralmente segue mais pesado, mas sempre refinado e com canções bem distintas entre si. Mesmo "Salomé" sendo um típico álbum onde cada ouvinte encontrará suas preferidas, não abro mão da contrastante "A New Age", a balada-de-ninar "The Wind And The Ocean" e "Sleeping Dogs Lie".

publicidade

A explosão de bandas de Heavy Metal com vozes femininas que ocorreu há algum tempo evidentemente proporcionou o aparecimento de muitos grupelhos descartáveis. Mas somente os mais fortes sobrevivem, não é assim que funciona? Pois o Xandria com certeza mostra que tem fôlego para tentar alcançar o primeiro escalão do gênero. Mas para tal, muito depende de quem será a substituta da vocalista Lisa Middelhauve, que deixou o grupo por motivos pessoais. É esperar para ver...

publicidade

Formação:
Lisa Schapphaus - voz e piano
Marco Heubaum - guitarra
Phillipp Restemeier - guitarra
Nils Middelhauve - baixo
Gerit Lamm - bateria

Xandria – Salomé - The Seventh Veil
(2007 / Drakkar Records / Hellion Records – nacional)
01. Save My Life
02. Vampire
03. Beware
04. Emotional Man
05. Salomé
06. Only For The Stars In Your Eyes
07. Firestorm
08. A New Age
09. The Wind And The Ocean
10. Sisters Of The Light
11. Sleeping Dogs Lie
12. On My Way

publicidade

Homepage: www.xandria.de




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sedentos por Sangue: confira 5 belas canções sobre VampirosSedentos por Sangue
Confira 5 belas canções sobre Vampiros

Metal Calcinha: onze bandas lideradas por mulheresMetal Calcinha
Onze bandas lideradas por mulheres


Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin