Shadows Fall: encerrando uma fase da carreira

Resenha - Fallout From The War - Shadows Fall

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


O norte-americano Shadows Fall está encerrando uma significativa etapa de sua carreira com "Fallout From The War", pois é o último álbum a ser liberado pela gravadora Century Media. Apesar de ser uma espécie de compilação com (falsa) aparência de caça-níqueis onde há praticamente de tudo, desde B-sides, músicas inéditas, recicladas e covers, este pacote é uma despedida honrosa de uma parceira que rendeu frutos para ambos os lados.

Há muita coisa boa por aqui, e tudo organizado de acordo com sua categoria. As primeiras seis canções são "sobras" inacabadas das sessões de estúdio de seu último álbum, "The War Within" (04), e são superiores a muita coisa gravada por várias de suas bandas conterrâneas. São ótimas composições que apresentam toda aquela vibração nervosa com influências do Thrash Metal de seu país aliadas às sempre interessantes melodias européias. Os destaques nesta primeira parte são "Will To Rebuild", com excelentes riffs; as bonitas harmonias de "Seize The Calm" e ainda "Going, Going, Gone", que mostra o que realmente é um Metalcore cheio de classe.

publicidade

"Deadworld" e "This Is My Own" são duas raridades dos primórdios do grupo. São antigas composições que nunca haviam visto a luz do dia e foram regravadas especialmente para esta ocasião, e creio que "Deadworld" seja o grande momento de todo o CD, pois traz um potente trabalho vocal, da seção rítmica e guitarras, tudo com arranjos mais complexos e até mesmo épicos.

publicidade

Finalmente, os três covers muito bem sucedidos: "December", um rockaço bem direto de Only Living Witness; "Mark Of The Squealer", do Leeway, banda de Hardcore nova-iorquino e, por fim, a inusitada "Teasn’, Pleasn’", do velho Dangerous Toys, e o mais legal aqui é que o Shadows Fall manteve muito do estilo Hard Rock original desta velha canção.

publicidade

Não há muito que discutir sobre um conjunto que vendeu algumas centenas de milhares de discos, foi nomeado para um Grammy e teve o privilégio de ser uma das principais atrações do itinerante Ozzfest. Este pessoal realmente cresceu muito com sua música, e "Fallout From The War" se revela como um item obrigatório para fãs do Thrash Metal moderno, Metalcore, ou seja lá como prefiram chamar este gênero.

publicidade

Formação:
Brian Fair - Voz
Matthew Bachand - Guitarra
Joanathan Donais - Guitarra
Paul Romanko - Baixo
Jason Bittner - Bateria

Shadows Fall - Fallout From The War
(2006 / Century Media Records – 2007 / Liberation Music Company – nacional)

01. In Effigy
02. Will To Rebuild
03. Haunting Me Endlessly
04. Seize The Calm
05. Carpal Tunnel
06. Going, Going, Gone
07. Deadworld
08. This Is My Own
09. December (cover de Only Living Witness)
10. Mark Of The Squealer (cover de Leeway)
11. Teasn’, Pleasn’ (cover de Dangerous Toys)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Varg Vikernes: ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como inferioresVarg Vikernes
Ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como "inferiores"

Axl Rose: como ele pegava todas as garotas que Slash conquistavaAxl Rose
Como ele pegava todas as garotas que Slash conquistava


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin