Devildriver: furioso, preciso, totalmente Metal

Resenha - Last Kind Words - Devildriver

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A esta altura do campeonato, todos já devem saber que o vocalista do extinto Coal Chamber, Dez Fafara, é o homem que canta no Devildriver. E seus álbuns estão seguindo um caminho musical tão interessante que seria perda de tempo ficar cutucando o passado infeliz de seu grupinho anterior, afinal, os tempos são outros, a banda é outra e a idéia aqui é investir pesado no metal extremo e contemporâneo.
271 acessosLamb Of God: Randy grava cover para novo álbum do Devildriver5000 acessosSemelhança: vocalistas de rock com vozes quase iguais

Mantendo a mesma formação, os norte-americanos estão liberando seu terceiro disco, “The Last Kind Words”. Novamente, o mais interessante é que, mesmo com muitas referências facilmente identificáveis – Thrash, Death, o som de Gothenburg e algo de Metalcore – o intrincado resultado final acaba por soar apenas como Devildriver. Sempre é complicado digerir suas influências e encontrar sua própria identidade, mas o pessoal aqui está realmente conseguindo alguma distinção, o que é louvável.

Mesmo com Fafara chamando a atenção com a alternância de seus gritos e rosnados inumanos, quem realmente merece grande destaque são Spreitzer e Kendrick, cujas guitarras orientam todas as canções, inclusive apresentando muito mais solos do que nos álbuns antecedentes. E também Boecklin, baterista criativo e extremamente técnico (atentem para seu desempenho na brutal “These Fighting Words”), cuja atuação enriquece em muito praticamente todas as composições.

As faixas estão muito bem estruturadas, mas é inegável que lá pela metade do álbum o pique cai um pouco. Mas não é nada que realmente prejudique a audição e, de qualquer maneira, há grandes momentos como “Clouds Over California”, um Thrash Metal bem veloz; “Bound By The Moon” e “Horn By The Betrayal”, ambas com melodias marcantes, e ainda “The Axe Shall Fall”, com ótimos riffs.

Digo sem temor algum que o Devildriver, mesmo não fazendo grande sucesso comercial, é muito superior à maioria de seus conterrâneos que estão no topo, e olhem que o conjunto claramente ainda não alcançou todo seu potencial... E, se algum dos leitores for preconceituoso o suficiente a ponto de não querer conhecer esta banda por causa da ligação de Fafara com o tal de Coal Chamber, bom, é realmente uma pena, pois “The Last Kind Words” é furioso, preciso e totalmente Heavy Metal. O único perdedor é você...

Formação:
Dez Fafara - Voz
Mike Spreitzer - Guitarra
Jeff Kendrick - Guitarra
Jon Miller - Baixo
John Boecklin - Bateria

Devildriver - The Last Kind Words
(2007 / Roadrunner - importado)

01. Not All Who Wander Are Lost
02. Clouds Over California
03. Bound By The Moon
04. Horn By The Betrayal
05. These Fighting Words
06. Head On The Heartache
07. Burning Sermon
08. Monsters Of The Deep
09. Trades Of Truth
10. When Summoned
11. The Axe Shall Fall

Homepage: www.devildriver.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

271 acessosLamb Of God: Randy grava cover para novo álbum do Devildriver0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Devildriver"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Devildriver"

SemelhançaSemelhança
Alguns vocalistas de rock com vozes quase iguais

Regis TadeuRegis Tadeu
"Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"

EntrevistasEntrevistas
Coices e tretas entre entrevistador e artista

5000 acessosHeavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiram5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosAtores de Hollywood no mundo da música5000 acessosTarja Turunen: covers de Slipknot e Rammstein no Wacken5000 acessosMetallica: banda faz maior show de metal da história da Suécia5000 acessosRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online