Counterparts: Metal Melódico com Prog Metal

Resenha - A Dreamer Betrayed - Counterparts

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Veterana na cena, a banda paulista Counterparts está lançando seu primeiro trabalho. “A Dreamer Betrayed” traz um som que é uma mistura de Metal Melódico com Prog Metal, mostrando o alto nível técnico dos músicos.
5000 acessosGuns N' Roses: A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum5000 acessosMetal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

Infelizmente, dois fatores prejudicam bastante a audição deste debut. O primeiro é a produção, que não está das melhores, mas até se entende, já que os custos cada vez mais exorbitantes acabam inviabilizando um trabalho de melhor qualidade para grupos com menor poder aquisitivo.

O segundo fator é o vocalista Emerson Penerari. Seu timbre não ajuda, e o fato de ele tentar cantar, na maior parte do tempo, em tons mais altos, só deixa isso mais evidente. Uma dica é tentar sair dos vocais agudos e apostar em linhas mais agressivas, o que tornaria o som do Counterparts, que possui uma excelente qualidade instrumental, muito mais interessante e atual.

Destaque para a longa suíte que dá nome ao disco, e para faixas como “Ragnarok” e “The Secret”.

Absorvendo as críticas de forma positiva e corrigindo os problemas apontados, o Counterparts tem tudo para crescer, pois potencial para isso o grupo possui.

Faixas:
1. Mankind´s Curse
2. Ragnarok
3. The Secret
4. Puppets At The Stage
5. Fenrir´s Last Howl
6. For All Those Who Died
7. Believe
8. High As The Birds
9. Am I Dreaming?
10. A Dreamer Betrayed
a. Introduction / Prayer
b. Questions
c. Spiritum
d. Faith´s Rebirth

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Counterparts"

Guns N RosesGuns N' Roses
A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum

MetalMetal
Adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

Pink FloydPink Floyd
The Wall: uma obra de arte conceitual

5000 acessosSlash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay5000 acessosCorey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosCorey Taylor: lesão cervical foi 20 vezes pior que em lutadores do UFC5000 acessosTeenage Time Killer: Grohl, Taylor, Biafra, Cavalera, Oliveri...5000 acessosNa teoria: e se Bruce defendesse Ozzy em questão judicial?

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online