Sideburn: pesado, bem retrô e meio lisérgico

Resenha - Newborn Sun - Sideburn

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

5


O Sideburn começou suas atividades no ano de 1997 em Estocolmo, Suécia, e seu primeiro álbum veio em 2002 sob o nome "Trying To Burn The Sun". Depois de um hiato de cinco anos, Jani Kataja (voz), Morgan Zocek (guitarra), Martin Karlsson (baixo e teclados) e o novo membro Fredrik Broqvist (bateria), enfim chegam ao seu segundo registro, "The Newborn Sun" – e não é que o quarteto continua com suas alusões às estrelas nos títulos dos discos?

E como todo o projeto gráfico indica claramente, os suecos também continuam em sua proposta de tocar um rock n´roll pesado, bem retrô e meio lisérgico, o que fica ainda mais evidente pela produção do disco. São poucas as bandas que conseguem adicionar algo novo, com características particulares, em cima desta linha... E infelizmente este não é o caso do Sideburn.

publicidade

As influências de Led Zeppelin e Deep Purple estão muito aparentes, e nem mesmo as diversas insinuações de Uriah Heep e Black Sabbath (inclusive a voz de Jani lembra o mestre Ronnie James Dio), ou alguma busca por inspiração no Heavy Metal oitentista conseguem mudar esta impressão e segurar a atenção do ouvinte.

Não há uma única canção que possa ser realmente decretada como um hit. Não que as músicas de "The Newborn Sun" sejam ruins, não é este o caso. Apenas copiam em excesso os ícones do gênero e falham em criar algo que os faça sair desta armadilha. Há uma imensidão de bandas adeptas deste estilo na mesma situação, mas que ainda assim conseguem reciclar os clichês de forma bem mais interessante.

publicidade

Sideburn - The Newborn Sun
(2007 / Buzzville Records – importado)

01. I Am King
02. Sweet Wine
03. Top Of The World
04. When The Day Dies
05. A Piece Of Shade
06. Soulville
07. Farmer Joe
08. Another Day In The Blue
09. The Sun Will Love You
10. Riding The Rainbow

Homepage: www.sideburn.nu




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Tarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000Tarja
Agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000

Ozzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rockOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin