Skyforger: black metal com instrumentos folk

Resenha - Kauja Pie Saules - Skyforger

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Pagan Metal. Folk Metal. Viking Metal. Até Battle Metal já surgiu... São tantos títulos diferentes para definir um gênero musical com muitas similaridades entre si. Independente de tais rótulos, o fato é que o Skyforger já é um dos veteranos no gênero com uma fiel legião de admiradores espalhados, principalmente, pela Europa.

Vindo de um pequeno país chamado Letônia, localizado lá pelos lados da Europa oriental, o Skyforger está na ativa desde 1995, e a Paragon Records está relançando (lá fora, naturalmente) seu primeiro álbum, "Kauja Pie Saules", que saiu originalmente em 1998, sendo conceitual e cantado em letoniano. Pura história em formato musical que narra os velhos tempos de glória de sua nação antes de ser subjugada pelos cristãos na Batalha de Saule em 1236.

publicidade

Levando em conta a época de seu lançamento, com certeza sua música pode ser considerada até mesmo original. Com grande variedade em sua mescla de Black Metal escandinavo e uma profusão de instrumentos típicos da música popular de sua região como flautas, gaitas, chocalhos, etc, "Kauja Pie Saules" mostra os motivos de o Skyforger expandir consideravelmente sua base de fãs nesta década de existência.

publicidade

Em todo o álbum há ótimas vocalizações agressivas e básicas, alguns coros mais melódicos, cânticos de guerra, interlúdios acústicos folclóricos alternados ou trabalhando juntamente com o mais puro Heavy Metal ríspido e, geralmente, bastante frio. Um debut caprichado e inspirado, que apresenta os primórdios mais crus do Skyforger, em especial nas linhas vocais, que atualmente estão bem mais elaboradas.

publicidade

Vale mencionar a beleza do trabalho gráfico, cuja capa traz uma reprodução da batalha que dá nome ao CD. A disposição da Paragon para com seu público é impressionante: nesta edição norte-americana as letras em letoniano estão traduzidas para o inglês num livreto à parte e, o melhor, o encarte está recheado de notas históricas sobre as tribos bálticas e os anos de luta contra a sede de conquista dos cruzados.

publicidade

Em suma: uma pequena e valiosa pérola que deve ser conferida pelos apreciadores do estilo – seja lá qual for o rótulo que você prefira – e é indispensável aos admiradores do mestre Bathory, Celtic Frost e Moonsorrow. E imaginem só quantas outras surpresas deste porte estão escondidas por aí, só esperando a oportunidade de uma distribuição decente...

publicidade

Skyforger - Kauja Pie Saules
(1998 / 2006 – Paragon Records – importado)

01. Neighed The Battlehorses
02. The Battle Of Saule
03. The Ancient Oak
04. Viestards Fight At Mezotne
05. Kurshi
06. Forger Forged Up In The Sky
07. Why The Horns Of War Are Blown
08. Battle At Garoza Forest
09. The Sacred Firecross

Homepage: www.skyforger.lv




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


System Of A Down: Daron Malakian ensina como ser músicoSystem Of A Down
Daron Malakian ensina como ser músico

Mini Iron Maiden: tocando Ghost Of The Navigator na escolaMini Iron Maiden
Tocando "Ghost Of The Navigator" na escola


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin