Resenha - Tetragrammatical Astygmata - Averse Sefira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


"Tetragrammatical Astygmata", do Averse Sefira, foi lançado em 2005 e chega somente agora ao Whiplash. Apesar de todo este tempo, com certeza muitos dos leitores se lembram do poderoso Black Metal executado por esta banda oriunda do Texas (EUA), que é praticamente ignorada em seu país, mas possui muitos fãs na Europa e América Latina. A relação com o Brasil se mostra toda especial em função da recepção calorosa que tiveram quando tocaram por aqui há algum tempo, e são tantos os seus admiradores que o site oficial do conjunto possui opções de acesso em inglês e português.

Primeiramente, sobre o curioso e aparentemente complicado título "Tetragrammatical Astygmata"... Em termos mais simples, significa "Fé Cega", e resume bem a linha de raciocínio de muitas bandas do estilo. Musicalmente, o Averse Sefira mantém a emoção fria que é tradição dos conjuntos noruegueses que fizeram história no gênero, e ainda mostra muito da técnica do famoso Death Metal norte-americano. O resultado é uma verdadeira explosão sonora, sem nenhuma concessão.

publicidade

Mesmo com canções relativamente longas – a maioria passa dos cinco minutos – o Averse Sefira sabiamente fornece um caráter variado ao disco, mantendo vários momentos mais cadenciados mesclados a riffs com leves traços de melodias, mas tão velozes que são praticamente hipnóticos, acompanhados por uma seção rítmica igualmente acelerada e precisa. Todo este caos se apresenta muito bem "organizado", cortesia de uma excelente gravação que, mesmo trazendo toda a indispensável sujeira, permite ao ouvinte definir claramente todos os instrumentos.

publicidade

Com uma forte dinâmica, "Tetragrammatical Astygmata" é o típico prato amargo de inconformismo que somente será compreendido e devidamente apreciado pelo mais rigoroso devoto do espírito underground, aquele headbanger que cultua a essência que bandas como Bathory, Possessed e Celtic Frost foram capazes de transmitir ao mundo em seus dias de glória.

publicidade

Formação:
Wrath Sathariel Diabolus – baixo e voz
Sanguine Mapsama – guitarra e voz
The Carcass – bateria

Averse Sefira - Tetragrammatical Astygmata
(2005 / Evil Hord Records – nacional)

01. Introduction
02. Detonation
03. Cremation Of Ideologies
04. Hierophant Disgorging
05. Plagabraha
06. Helix In Audience
07. Mana Anima
08. Decapitation Of Sigils
09. Transitive Annihilation
10. Sonance Inumberate

publicidade

Homepage: www.aversesefira.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin