Resenha - Broken Boy Soldiers - Raconteurs

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos


Jack White tem talento. Goste ou não de White Stripes, é indiscutível que o guitarrista, vocalista e compositor tem seu valor. Se muitos ainda torcem o nariz para o grupo, principalmente pela falta de uma banda real, incluindo aí um(a) baterista de verdade - já que Meg está presente mais como figurante do que como instrumentista - vale a pena tentar mais uma vez com o The Raconteurs, que nada mais é do que Jack White tocando rock'n'roll com outros músicos, incluindo aí mais um baixista (Jack Lawrence), um outro guitarrista/vocalista/tecladista (Brendan Benson) e, finalmente, um baterista (Patrick Keeler).

System Of A Down: Daron Malakian ensina como ser músicoFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não que a banda em si seja tecnicamente virtuosa - e nem é a idéia - mas soa como uma banda. O que é importantíssimo. Faz com que o The Raconteurs não pareça um projeto paralelo de Jack White ou Brendan Benson, muito pelo contrário: tem estilo e personalidade próprios. As influências de Beatles e Led Zeppelin afloram com força total durante as 10 composições, que remetem ao final da década de 60, início da década de 70, mas com produção moderna e soando - incrivelmente - atual.

Os timbres são bem escolhidos, os riffs e as melodias são marcantes e as letras, simples, são sinceras. Tudo que um bom disco de rock'n'roll precisa. O primeiro single, "Steady As She Goes", que abre o CD, já é sucesso mundial, mas pode até destoar um pouco do resto de "Broken Boy Soldiers" pela roupagem mais digerível. Mas músicas como a excelente "Store Bought Bones", a própria "Broken Boy Soldiers", e a bela "Call It a Day" mostram que o buraco é bem mais embaixo.

Uma grande surpresa, que mesmo os que tem um pé atrás com o White Stripes, deveriam ouvir. Os que já gostam da dupla provavelmente vão aprovar. E talvez até prefiram. Resta aguardar se Jack White também vai preferir.


Outras resenhas de Broken Boy Soldiers - Raconteurs

Resenha - Broken Boy Soldiers - RaconteursResenha - Broken Boy Soldiers - Raconteurs




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Raconteurs"


System Of A Down: Daron Malakian ensina como ser músicoSystem Of A Down
Daron Malakian ensina como ser músico

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336