Matérias Mais Lidas

Megadeth: gravações de baixo do David Ellefson para o novo disco serão descartadasMegadeth
Gravações de baixo do David Ellefson para o novo disco serão descartadas

Massacration: quando Kiko Loureiro criticou a banda - e supostamente arregou para elesMassacration
Quando Kiko Loureiro criticou a banda - e supostamente arregou para eles

Helloween: ouça o álbum Helloween, que marca voltas de Michael Kiske e Kai HansenHelloween
Ouça o álbum "Helloween", que marca voltas de Michael Kiske e Kai Hansen

Megadeth: revelados detalhes do caso envolvendo vazamentos de David EllefsonMegadeth
Revelados detalhes do caso envolvendo vazamentos de David Ellefson

Hellfest 2022: anunciado megafestival com 350 bandasHellfest 2022
Anunciado megafestival com 350 bandas

Troca-troca: dez músicos que mudaram de instrumento ao longo da carreiraTroca-troca
Dez músicos que mudaram de instrumento ao longo da carreira

Felipe Andreoli: Anunciados convidados especiais para primeiro álbum soloFelipe Andreoli
Anunciados convidados especiais para primeiro álbum solo

Thrash metal: dez grandes álbuns do estilo que foram lançados em 1990Thrash metal
Dez grandes álbuns do estilo que foram lançados em 1990

Gêmeos: grandes discos de rock e metal que foram lançados no mesmo diaGêmeos
Grandes discos de rock e metal que foram lançados no mesmo dia

Led Zeppelin: quanto eles conseguiam arrecadar por show no auge da bandaLed Zeppelin
Quanto eles conseguiam arrecadar por show no auge da banda

Malmsteen: guitarrista explica por que gosta de ser o seu próprio patrãoMalmsteen
Guitarrista explica por que gosta de ser o seu próprio patrão

Slipknot: Toco guitarra mas não me considero um guitarrista, diz Jim RootSlipknot
"Toco guitarra mas não me considero um guitarrista", diz Jim Root

Lacuna Coil: Confio na ciência, não em posts no Facebook, diz vocalista após vacinaLacuna Coil
"Confio na ciência, não em posts no Facebook", diz vocalista após vacina

Carcass: novo álbum será lançado em setembro; confira capa, tracklist e singleCarcass
Novo álbum será lançado em setembro; confira capa, tracklist e single

Michael Kiske: ouvi The X Factor do Iron Maiden com Adrian Smith e não entendemosMichael Kiske
"ouvi The X Factor do Iron Maiden com Adrian Smith e não entendemos"


Stamp
Pentral

Resenha - Road To Escondido - J. J. Cale & Eric Clapton -

Por Ricardo Seelig
Em 07/12/06

publicidade

Nota: 10

A carreira solo de Eric Clapton é muito diferente da história que ele construiu ao lado dos grupos de que participou (Yardbirds, John Mayall´s Bluesbrakers, Cream, Blind Faith e Derek And The Dominos). Enquanto que em suas bandas Clapton foi, primeiramente, um dos maiores responsáveis pela tradução do blues negro americano para o público inglês branco dos anos sessenta, tornando o estilo popular entre a juventude daquela época, e, em segundo lugar, um dos artesãos principais da pedra fundamental do que iríamos chamar de hard rock nas próximas décadas (no Cream, ao lado de Jack Bruce e Ginger Baker), em seus discos solo Clapton trilhou um caminho distinto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O som que Eric Clapton construiu nos primeiros anos de sua carreira solo, durante a década de setenta, foi fortemente influenciado por dois artistas: Delaney Bramlett e Jean Jacques Cale. Ao lado do primeiro, Clapton saiu em turnê após o final do Cream, fazendo shows antológicos que estão registrados no clássico álbum ao vivo "On Tour With Eric Clapton", lançado em 1970. Foi com a influência de Delaney e sua esposa, Bonnie, que Clapton inseriu na sua música elementos do pop e do soul que iriam definir, mais tarde, a sonoridade dos seus trabalhos solo.

Já com J.J. Cale a coisa foi mais explícita ainda. A excelente estréia auto-intitulada de Clapton, lançada em 1970, foi puxada por uma versão antológica de uma canção de Cale, "After Midnight". Além disso, "Cocaine", talvez a música mais famosa da carreira do guitarrista, também foi composta por Cale. Mas Clapton não se limitou apenas às regravações. O estilo manhoso de Cale tocar a sua guitarra é uma das maiores influências de Clapton. Basta ouvir e comparar para perceber. Além disso, a maneira tranquila com que Cale canta suas músicas também foi transferida para Clapton, virando uma de suas marcas registradas.

A idéia que fez surgir "The Road To Escondido" partiu de um convite de Clapton para que J.J. Cale produzisse seu novo disco solo. Como já era de se supor, a afinidade entre as duas lendas foi tão grande no estúdio que tudo se transformou, mais que naturalmente, em um álbum dividido pelos dois.

Musicalmente, o que temos está muito mais próximo da carreira de Cale do que da de Clapton. Aliás, J.J. Cale faz o vocal principal na maioria das músicas, com Clapton se comportando de maneira reverencial ao seu antigo mestre. As canções vêm carregadas de influências de estilos como blues, rock e jazz, fundidos em um só. O que se ouve em "The Road To Escondido" é o que se ouve nos álbuns de Cale, acrescentado do enorme talento de Eric Clapton. Sendo assim, não é difícil para qualquer conhecedor da carreira dos dois sacar o tamanho da magia, do brilho e do apelo que "The Road To Escondido" traz em suas quatorze faixas. Só de sacanagem, para colocar ainda mais água na boca de qualquer fã de boa música, a banda que acompanha Cale e Clapton traz nomes como o baterista Steve Jordan, o baixista Pino Palladino, os guitarristas Albert Lee e Derek Trucks, além de participação especial de John Mayer. Se tudo isso já não bastasse para transformar o álbum em um clássico instantâneo, ele ainda traz o último registro do tecladista Billy Preston, falecido há pouco tempo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por tudo isso é que "The Road To Escondido" acaba se transformando em um álbum diferenciado àqueles que estamos acostumados encontrar às pencas por aí. Suas músicas pedem uma degustação calma, tranquila, sem pressa. Ouvi-las nos transporta para outra dimensão, para uma época mais inocente, onde a música era mais simples, mais emotiva, e, porque não, mais verdadeira. É por essa razão que cada ouvinte terá uma sensação diferente ao ouvir o disco. Eu achei "Heads In Georgia", "Hard To Thrill", "Three Little Girls" e a regravação de "Don´t Cry Sister" (hit da carreira solo de Cale) os melhores momentos de um disco cheio de grandes momentos, mas esta opinião irá variar de ouvinte para ouvinte.

Não quero posar de tradicionalista em pleno final de 2006, mas o fato é que "The Road To Escondido" é um trabalho orgânico, rico em detalhes e com uma magia que só conseguimos encontrar (e ouvir) naqueles álbuns clássicos lançados décadas atrás.

Um excelente álbum, uma enorme surpresa neste final de ano, mas, acima de tudo, um trabalho que merece ser ouvido e conhecido por qualquer consumidor de música.

Faixas:
1. Danger
2. Heads In Georgia
3. Missing Person
4. When The War Is Over
5. Sporting Life Blues
6. Dead End Road
7. It´s Easy
8. Hard To Thrill
9. Anyway The Wind Blows
10. Three Little Girls
11. Don´t Cry Sister
12. Last Will And Testament
13. Who Am I Telling You?
14. Ride The River

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Eric Clapton: ele diz que foi relegado pelos amigos por opiniões sobre a pandemiaEric Clapton
Ele diz que foi relegado pelos amigos por opiniões sobre a pandemia

Eric Clapton: sem evidências, ele diz que vacina contra Covid pode afetar fertilidadeEric Clapton
Sem evidências, ele diz que vacina contra Covid pode afetar fertilidade

Daniel Santiago: como brasileiro trouxe o lendário Eric Clapton para seu novo álbumDaniel Santiago
Como brasileiro trouxe o lendário Eric Clapton para seu novo álbum

Top 40: quais os músicos britânicos mais ricos em 2021 (e o valor de suas fortunas)Top 40
Quais os músicos britânicos mais ricos em 2021 (e o valor de suas fortunas)

Eric Clapton: as reações após tomar a vacina da AstraZenecaEric Clapton
As reações após tomar a vacina da AstraZeneca

Daniel Santiago: brasileiro lança o álbum Song for Tomorrow, com Eric Clapton; ouçaDaniel Santiago
Brasileiro lança o álbum "Song for Tomorrow", com Eric Clapton; ouça


Gibson: 10 guitar heroes nomeiam seus guitar heroesGibson
10 guitar heroes nomeiam seus guitar heroes

Eric Clapton: músico diz sentir vergonha de comentários racistasEric Clapton
Músico diz sentir vergonha de comentários racistas

Eric Clapton: ele tentou ajudar Maradona a abandonar as drogasEric Clapton
Ele tentou ajudar Maradona a abandonar as drogas


Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.