Resenha - Hundus - Burning Saviours

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


De tempos em tempos há um movimento de retorno às raízes do rock pesado, onde pipocam várias bandas pelo globo que procuram resgatar toda aquela sonoridade dos anos 70... Parece que este estilo está em voga atualmente e com alguns representantes já conhecidos, como o Wolfmother e Witchcraft, que liberaram bons discos e consequentemente obtiveram boa recepção entre mídia e fãs.

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E o Burning Savior também vem batalhando pelo seu espaço. O conjunto vem da Suécia, foi formado no finalzinho de 2003 e dois anos depois liberou um debut auto-intitulado que foi muito bem recebido pelos amantes de retro-rock, e agora está chegando ao seu segundo álbum, com o curioso nome "Hundus". E, meu amigo, "Hundus" é um discão!

Trazendo em sua formação Andrei Amartinesei (voz e guitarra), Mikael Marjanen (guitarra), Fredrik Evertsson (baixo) e Martin Wijkström (bateria), este pessoal faz com que sua mistura musical funcione realmente bem. São várias as referências, e rapidamente percebidas pelo ouvinte: Black Sabbath, Led Zeppelin, o mestre Hendrix, Steppenwolf, o carismático Jethro Tull, entre algumas outras feras, e o resultado é uma verdadeira viagem no tempo.

Mas não pense que a música do Burning Savior seja uma mera colcha de retalhos ou uma apelação oportunista. Pelo contrário, os músicos são confiantes e criativos ao explorar o aparentemente inesgotável universo musical da década de 70, e no mínimo soam de forma tão agradável quanto às bandas que lhes serviram de influência. E os exemplos são inúmeros, como em "Out Of Sight" e "The Man I Used To Be", com aquele clima meio opressivo, tão característico do doom sabbático, ou "Let's Dance", com sua flauta e guitarras que evocam imediatamente ao sempre bom Jethro Tull.

Em "Dark Lady" há uma grande performance vocal de Andrei e um solo no final da canção que chama a atenção pela agressividade utilizada, uma vez que o Burning Savior faz uso freqüente de algo bem mais melodioso ou lisérgico pelo resto do álbum. "Lilly Marion" é outro dos destaques, com nuances psicodélicas e uns riffs cheios de estilo.

Com "Hundus", o Burning Savior liberou uma verdadeira homenagem aos seus ídolos, em canções que causarão entusiasmo em qualquer amante do rock setentista. Estes suecos são bons no que fazem, tem habilidade e tocam com paixão. É um registro totalmente recomendável aos fanáticos e curiosos pelo gênero, ou aos descontentes que acreditam que a música contemporânea nunca será boa o suficiente para seu "gosto refinado".

Burning Saviours - Hundus
(2006 / I Hate Records - importado)

01. Out Of Sight
02. Dark Lady
03. The Servant
04. Lilly Marion
05. Ballad Of Time
06. Heathen Rites
07. Let's Dance
08. The Man I Used To Be
09. Hundus

Homepage: www.burningsaviours.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Burning Saviours"


Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336