Resenha - Live Apocalypse - Arch Enemy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Clóvis Eduardo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Uma boa palavra para resumir um show do Arch Enemy, é "fabuloso". Mas como a apresentação dos suecos realizado em Londres foi tão pensada e preparada, com jogo de luzes, e um set list mais longo, a expressão que pode-se utilizar neste caso é "sensacional".

Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalRamones: Perguntas e respostas e curiosidades

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Angela Gossow, Michael Amott e seus comparsas fazem um showzaço, com muita energia e um vigor nunca antes visto por nós aqui no Brasil. Sim, enquanto aguardamos a vinda do Arch Enemy para cá, ficamos babando em cima do disquinho e nas imagens da bela loirinha que ruge grosso e alto, bem alto. Muito bom o jogo de imagens editados no DVD, apesar de alguns lances serem mostrados muito rapidamente. Outro ponto negativo é a pouca senão nenhuma exibição das formas da vocalista, que agita feito criança.

Afinal, a maior qualidade dessa banda ainda é a música. E isso Amott, o irmão Christopher (a pouquinho de ser chutado da banda), Sharlee D'Angelo no baixo e Daniel Erlandsson na bateria, sabem fazer muito bem. Apesar do palco ser um tanto quanto pequeno, não há falta de disposição para o grupo que se diverte com a participação calorosa do público londrino. A seleção de canções não poderia ter sido melhor. "Enemy Within" abre a festa com a mesma impressão positiva de quando executada no excelente "Wages Of Sin", disco de estréia da loirinha.

"Silent Wars", "Dead Bury Their Dead", "The Immortal", "We Will Rise" são apenas alguns detalhes de todo o set, que ainda teve tempo para receber por longos cinco minutos um solo de bateria do grande Daniel. Uma das composições mais fortes, "The First Deadly Sin", teve o andamento um pouco alterado após a parte mais lenta. Faltou sim, aquela dita "Diva Satanica", que deixa qualquer iniciante no Death Metal Melódico feito pela banda sueca em estado de êxtase. A banda ainda encerra o show com "Ravenous", em uma perfeita e tenebrosa interpretação de Angela.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobra uma inerente vontade da banda de fazer bonito. Mas a performance da vocalista às vezes é comprometida, com pequenos deslizes. No entanto, é merecido o aplauso para ela, já que com este vozeirão e sem uma técnica específica, seria difícil cantar durante uma hora de show. Com efeitos ou pedais, a moça faz um papel fantástico. Agita muito e empolga a todo o público. Mas o crédito também fica com o líder Michael Amott, que toca muito, realiza grande parte dos solos e ainda acompanha em alguns backing vocals.

Passado o show, o segundo DVD contém documentário, vídeos promocionais e novas imagens de shows em Manchester e toda a turnê que passou pelo Reino Unido, além de muitas curiosidades sobre a banda. Realmente, a seleção de material é histórica e fica como um dos melhores DVDs lançados neste ano. É mais uma prova de que Amott é competente, e Angela deu ao Arch Enemy um status muito grande, como um dos principais grupos do Death Metal Melódico mundial. Pode acreditar no que diz Amott - "vai explodir os seus alto-falantes".


Outras resenhas de Live Apocalypse - Arch Enemy

Arch Enemy: death metal de qualidade em DVDResenha - Live Apocalypse - Arch EnemyResenha - Live Apocalypse - Arch Enemy



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Arch Enemy"


Angela Gossow: os direitos humanos caminham com o ateísmoAngela Gossow
"os direitos humanos caminham com o ateísmo"

Doyle: Alissa White-Gluz é a Rainha Monstro do MetalDoyle
Alissa White-Gluz é a "Rainha Monstro do Metal"


Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalGosto duvidoso
As piores capas da história do Rock e Heavy Metal

Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesRamones
Perguntas e respostas e curiosidades


Sobre Clóvis Eduardo

Clóvis Eduardo Cuco é catarinense, jornalista e metaleiro.

Mais matérias de Clóvis Eduardo no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo300x250