Matérias Mais Lidas

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemLuísa Sonza posta fotos com camiseta da banda de death metal Morbid Angel

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemTaylor Hawkins: Ele estava cansado e pronto pra abandonar o Foo Fighters

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemIan Gillan conta como foi sua primeira saída do Deep Purple, em 1973

imagemO que mudou no rock dos anos 90 pra cá segundo Jimmy Page

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemMark Knopfler e o peso da vida de um artista em turnê, por Regis Tadeu

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemPink Floyd: Em entrevista de 1984, David Gilmour falou sobre "The Final Cut"

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito


PRB

Resenha - New Trinity - sinKing

Por Haggen Kennedy
Em 20/09/06

Nota: 9

Que pancada! É a primeira impressão que se tem ao colocar esse CD pra rodar. Os mais desatentos podem até pensar que começaram a tocar o disco lá do meio. Mas não é assim. A esse peso dá-se o nome de sinKing.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Formado em 2003, o sinKing é um grupo finlandês com uma demo e dois EPs lançados, além do full-length intitulado "New Trinity", comentado nessa resenha. Nele existem 11 músicas, somando um total de pouco mais de 40 minutos regados à mais fina violência sonora.

À primeira ouvida, "New Trinity" mostra uma mescla de elementos e de preferências que vêm a favorecer a linha thrash metal proposta pela banda. Machine Head, Pantera e até algo de new metal são alguns dos ingredientes que fazem do sinKing um grupo interessante. Isso porque onde centenas de bandas falham em dosar suas influências – de forma que, de um lado, algumas terminem virando simplesmente cópias, e, de outro, que algumas terminem criando um samba do crioulo doido que de metal só fica a intenção – o sinKing acerta em cheio. Esse álbum tem um encaminhamento que deixa pouco a desejar, mostrando um trabalho sólido e de competência. Na verdade, é no mínimo curioso constatar que "New Trinity" foi lançado de forma independente. Uma produção como essa não dá as caras em qualquer disco, muito menos em qualquer banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Thrill Through the Spine" é a primeira faixa do disco, abrindo com um safanão bem na cara do ouvinte. E continua assim: "New Trinity" não possui aquele ritmo de evolução do leve para o pesado de acordo com o fluir de suas faixas. É um composto maciço que põe-se à frente do fã e só sai depois que a última faixa do disco já tiver tocado e quando a cabeça houver esfriado. Em meio à avalanche thrash que permeia esse disco, achamos pérolas como "Lies Kill Lies", "This Could Get Burned", "Standing in a Riot" e "Revenge is Coarse". São músicas peculiares, com trechos completamente destoantes da pancadaria que se alastra a cada minuto, mas que ao mesmo tempo conseguem formar uma rede sonora coerente, dando a "New Trinity" uma cara única. Ouça as linhas limpas e os solos inspiradíssimos de "Lies Kill Lies" e de "Revenge is Coarse" e você vai saber do que estou falando.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"New Trinity" é um disco sem rodeios, direto ao ponto. Isso não é necessariamente uma coisa ruim: apenas mostra que o grupo sabe o que quer. "New Trinity" é mais do que influências, é a cara de uma banda que acaba de lançar âncora em meio ao mercado thrash metal. Se seu futuro for tão promissor quando este álbum promete, o tempo de vacas gordas ainda vai durar muito para o conjunto.

Gravadora: ForkWork Records (http://forkwork.fi)

Ano de Lançamento: 2006

Faixas:
01. Thrill through the Spine
02. Stay
03. Lies Kill Lies
04. This Could Get Burned
05. Reborn Beast
06. Shakes
07. Standing in a Riot
08. Revenge is Coarse
09. Balls for Bowling
10. …and the Devil Laughed
11. Pulse

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Integrantes:
Mikko Paulin – voz
Kimmo Länsikylä – guitarra
Ville Koskinen – guitarra
Topi Ilmarinen – baixo
Aki Kuusinen – bateria

Website: http://www.sinking1.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Haggen Kennedy

Nascido ao fim dos anos 70 e adolescido em meio ao universo metálico, Haggen Heydrich Kennedy já trabalhou e atuou numa vultosa gama de atividades, como o jornalismo, o desenho, a informática, o design e o ensino, além de outros quefazeres. Atualmente vive em Atenas, Grécia, onde estuda História, Arqueologia e Grego Antigo na Universidade de Atenas. A constante nesse turbilhão de ofícios, todavia, sempre constituiu-se de dois fatores: as línguas (ainda hoje trabalha com tradução e interpretação) e a música - esse último elemento, definitivo alimento espiritual.

Mais matérias de Haggen Kennedy.