Resenha - Come Clarity - In Flames

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9

"Come Clarity" é um álbum importante para entender a história dos suecos do In Flames. A carreira do grupo, marcada pela inovação dos primeiros discos, que trouxeram uma nova sonoridade para a música pesada e criaram um novo estilo, o hoje popular death metal melódico, também sofreu algumas turbulências quando a banda decidiu se mudar de mala e cuia para os Estados Unidos. A mudança de ares afetou o som dos caras, injetando novos elementos em sua música, atualizando-a para o mercado americano, o que, ao mesmo tempo em que fez crescer o nome do In Flames na América, desagradou os antigos fãs.

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposBlender: as letras mais repulsivas do Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Pois toda esta trajetória encontrou o seu ponto de convergência em "Come Clarity". O passado inovador e repleto de peso e melodia uniu-se, finalmente, com perfeição às inovações sonoras dos álbuns "Reroute To Remain" e "Soundtrack To Your Escape", e o resultado é um trabalho maduro, consistente e com uma identidade fortíssima.

Faixas como "Take This Life" e "Reflect The Storm" são emblemáticas neste aspecto: não abrem mão de buscar novos caminhos, mas mantém os olhos mirados no futuro sem perder o contato com o passado. E o grupo, nos dando mais uma vez motivos para ficar atentos aos seus passos, vai além e nos entrega canções como a ótima "Dead End" (com participação da popstar sueca Lisa Miskovsky) e a belíssima faixa título, uma das melhores músicas de sua carreira.

Além da versão normal, "Come Clarity" também foi lançado no Brasil em uma versão especial e limitada contendo um DVD bônus. Em uma era em que música e imagem são cada vez mais indivisíveis, nada mais natural. Mas, ao contrário do que a princípio somos levados a concluir, o disco bônus não traz a banda "embalada para consumo" em vários videclipes, pelo contrário. O que assistimos é os cinco caras trancados em estúdio, ensaiando todas as músicas do seu último trabalho. O DVD funciona, desta maneira, como uma versão em imagem de "Come Clarity", com as músicas executadas na mesma sequência, só que com toda a energia do grupo tocando ao vivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este mergulho no mundo particular do In Flames é bem legal porque mostra a intimidade de uma das maiores bandas atuais em seu próprio estúdio, tirando as músicas de seu último disco. O lugar é pequeno, repleto de instrumentos, e o vídeo foi todo gravado em preto e branco, o que, além de proporcionar um resultado final bem interessante, faz com que o espectador se sinta lá dentro, junto com os caras, sentado ao lado da bateria tomando uma cerveja enquanto vê a banda tocar. Você pode até dizer "ah, mas o Metallica já fez isso naquele DVD bônus que vinha junto com o 'St Anger'", e realmente fez, só que a diferença principal, e que torna impossível qualquer parâmetro de comparação entre as duas iniciativas, é que "Come Clarity" é um senhor álbum, enquanto "St Anger" pode ser tudo, menos um disco de rock.

Se você é fã dos caras ou apenas curte música pesada, vá atrás da edição especial que vale muito mais a pena, e não é tão mais cara assim. Afinal "Come Clarity" coloca o In Flames novamente nos trilhos para a maioria dos fãs (apesar de eu não achar que o grupo tenha perdido o rumo com os seus últimos lançamentos), e deixa no ar a promessa de que os suecos ainda darão muitos motivos de alegria para quem curte boa música.

CD e DVD

1. Take This Life
2. Leeches
3. Reflect The Storm
4. Dead End
5. Scream
6. Come Clarity
7. Vacuum
8. Pacing Death's Trail
9. Crawl Through Knives
10. Versus Terminus
11. Our Inifinite Struggle
12. Vanishing Light
13. Your Bedtime Story Is Scaring Everyone


Outras resenhas de Come Clarity - In Flames

In Flames: uma volta triunfal com "Come Clarity"Resenha - Come Clarity - In FlamesResenha - Come Clarity - In Flames



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "In Flames"


In Flames: conheça o 2112, bar dos membros do grupoIn Flames
Conheça o 2112, bar dos membros do grupo

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21


Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposBateristas
Os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Blender: as letras mais repulsivas do Heavy MetalBlender
As letras mais repulsivas do Heavy Metal


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo300x250