Resenha - A Perfect Forever - Anubis Gate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


A Encore Records está trazendo para o Brasil o álbum "A Perfect Forever", da banda dinamarquesa Anubis Gate. Totalmente desconhecido por aqui, o grupo começou em 2004, mas seus integrantes já possuem experiências passadas, em bandas mais desconhecidas ainda, desde 1989. Torben Askholm (vocal), Jesper Jensen e Kim Olesen (guitarras), Henrik Fevre (baixo) e Morten Sorensen (bateria) fazem um power metal bastante pesado, com claras influências da música progressiva. Para uma classificação de maior abrangência, eu diria que para entender o tipo do som dos caras, basta imaginar uma mistura entre Iced Earth e Evergrey.

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterÔôôôôeeee: Sílvio Santos aprovou montagem com Steve Harris

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A Perfect Forever", inegavelmente, é um disco bem produzido e muito bem executado. Todos integrantes do Anubis Gate são formados em música: trabalham dando aulas de seus instrumentos ou trabalham com produção em estúdio. Se todos os músicos mandam muito bem, o vocalista Torben Askholm possui uma bela voz, que poderá lembrar Tim Ripper Owens ou Michael Kiske, dependo da melodia de cada música. Entretanto, não basta somente ser uma banda impecável, é preciso ter boas músicas. Mesmo não trazendo nenhuma inovação para o estilo, a banda tem aqui grandes momentos. O bom gosto dos dinamarqueses, na hora da elaborar um instrumental complexo, arranjos variados e diversificação em linhas de voz, contribuiu para que esse álbum esteja um tanto quanto acima da média.

O CD abre com "Sanctified", uma música bem legal e bastante animada. Mas é com "Future Without Past" que temos um grande momento, por essa música ser mais progressiva (estilo que a banda é impecável) e bastante pesada. Já "Curfew", é na minha opinião, a melhor do álbum. Uma balada intensa, com direito a algumas passagens até que pesadas, de guitarra, mais para o fim. "Children of the Pauper King" é o oposto da anterior, mas merece destaque, igualmente. Essa por ser bastante pesada, sem poupar doses de boas e variadas melodias. Por fim, "A Perfect Forever", a faixa-título, segue também a idéia do progressivo unido ao peso, só que aqui com arranjos mais complexos e experimentais. Acaba merecendo destaque, igualmente como as anteriores citadas.

O reconhecimento do Anubis Gate aqui no Brasil depende quase que exclusivamente de exposição. A banda tem qualidade, tem um bom CD e ótimas composições, para quem for fã do estilo. A comprovação de que nem sempre é preciso inovar para fazer sucesso, basta ser competente e fiel às suas propostas.

Line-up:
Torben Askholm (vocal);
Jesper Jensen (guitarra);
Kim Olesen (guitarra);
Henrik Fevre (baixo);
Morten Sorensen (bateria).

Track-list:
01. Sanctified
02. Kingdom Come
03. Future Without Past
04. Curfew
05. Children of the Pauper King
06. Approaching Inner Circle
07. The Wanton Blades of Lust
08. Epitome of Delusion
09. Endless Grief
10. A Perfect Forever
11. In the Valley of Kings




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Anubis Gate"


Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Ôôôôôeeee: Sílvio Santos aprovou montagem com Steve HarrisÔôôôôeeee
Sílvio Santos aprovou montagem com Steve Harris


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336