Resenha - Apocaliptic Celebration - Doomsday Ceremony

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Aqui temos uma banda de Curitiba realmente incrível! O Doomsday Ceremony está na ativa desde 2000 e, com apenas um CD-Demo aclamado pela mídia especializada, abriram para bandas internacionais como Therion, Iconoplasm, Averse Safira e Dark Funeral.

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff HannemanDoentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos

Quando surgiu, a proposta do Doomsday Ceremony era tocar heavy/doom da escola oitentista, mas algumas mudanças em sua formação fizeram com que a banda acabasse trilhando naturalmente os caminhos do black metal, mas sem abandonar a veia do metal tradicional. Atualmente trazem como membros Moloch (voz), Poyoka (guitarra), Ciriato (guitarra), Niederauer (baixo) e Thor (bateria), além da participação do tecladista Nathaivel (Insane Devotion).

"Apocaliptic Celebration" traz uma sonoridade bastante diferente do que estamos acostumados a escutar atualmente numa banda de black metal. Inclusive, se não fosse pelas características pinturas faciais e um vocalista realmente áspero em sua função, diria que a música destes curitibanos é simplesmente heavy metal.

Logo nos primeiros minutos de audição, já fica claro a preocupação destes músicos com os arranjos, são detalhes como os aqui aplicados que fazem toda a diferença em um bom disco. São canções bem cadenciadas e até mesmo simples, mas que surpreendem por sua beleza fria, melódica e repleta de feeling.

A banda é competente, mas dá para dar ênfase no trabalho com as vozes, principalmente nos refrãos, assim como as linhas de teclado que - seja nos momentos em que ficam apenas ao fundo ou quando dão um acento épico e pagão - enriquecem em muito as canções onde aparecem.

A faixa de abertura, "Lunatic Serenade", é muito agressiva e tem realmente uma aura maligna, com inesperados solos que se alternam entre os guitarristas. Faixas obscuras com momentos épicos estão nas incríveis "Vampire Saga" e "The Last Warning". Apesar de citar apenas três faixas, todo o "Apocaliptic Celebration" traz composições fortes que fluem de maneira muito positiva.

Espero que seja somente uma questão de tempo para o Doomsday Ceremony conseguir um selo ou gravadora para lançar seus trabalhos, dando-lhes inclusive condições para a elaboração de um projeto gráfico que o disco mereça. "Apocaliptic Ceremony" pode e deve ser escutado por qualquer amante de heavy metal, desde que aprecie vocais agressivos.

Doomsday Ceremony - Apocaliptic Celebration
(2005 / CD-Promo independente)

01. Lunatic Serenade
02. Vampire Saga
03. It's The Scarecrow War
04. Hell's Fire Temple
05. Flame To Freedom
06. Brave Cannons
07. The Last Warning
08. Prophetic Lux Dynasty
09. Storm Of Revalations

Homepage: www.doomsdayceremony.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Doomsday Ceremony"


Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff HannemanSlayer
A trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman

Doentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucosDoentio
Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos

Iron Maiden: as 20 melhores músicas da Era de OuroIron Maiden
As 20 melhores músicas da "Era de Ouro"

Linkin Park: Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?Linkin Park
Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?

Guns N' Roses: o Chinese Democracy que você nunca viuGuns N' Roses
O "Chinese Democracy" que você nunca viu

Carrie Fisher: Leia de Star Wars teve caso com Freddie Mercury e David BowieCarrie Fisher
Leia de Star Wars teve caso com Freddie Mercury e David Bowie

Angela Gossow: Não existe deus! Simplesmente lide com isso!Angela Gossow
"Não existe deus! Simplesmente lide com isso!"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336