Resenha - D.O.L.L. - Heaven's Guardian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

Lançado em 2004, "D.O.L.L." é o segundo trabalho da banda goiânia Heaven's Guardian. Sucessor de "Strava", lançado em 2001, segue o mesmo caminho do CD anterior, com um power metal melódico de ótima qualidade.

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasOs Simpsons: bandas de Rock na versão amarela


O álbum abre com a tradicional "Killing Night", e de cara o grupo já mostra as suas armas: ótimas guitarras na linha de frente, com riffs que em alguns momentos aproximam-se do thrash, amparadas por uma poderosa e competente cozinha. Tudo isso servindo de base para o excelente vocal de Carlos Zema, que não fica devendo nada há muitos nomes conhecidos e aclamados do Brasil e do exterior.

As influências de thrash metal vêm ainda mais à tona na faixa título, com uma sonoridade que parece saída, pasmem, do clássico álbum "Arise", do Sepultura (?!?!?). Zema arrisca algumas inovações nesta faixa, colocando alguns efeitos em seus vocais, mas a música acaba se destacando mesmo pelo belo refrão, na melhor tradição do power metal alemão dos anos oitenta.

"Slaves Of Reality" vai fundo na melodia, mas sem cair na mesmice apresentada pela maioria das bandas de metal melódico. Com uma linha vocal muito bonita e ótimos solos de guitarra, é um dos grandes destaques do álbum.

Outros ótimos momentos de "D.O.L.L." são a cadenciada "Screams Of 1964" (sobre o golpe militar daquele ano, que lançou o Brasil em mais de vinte anos de ditadura), a rápida "Holy Sky", a tradicional "Illusions" (com um excelente riff e linhas vocais totalmente anos oitenta) e a balada "Master Of Streets", que fecha o álbum.

A produção também merece destaque. Assinada pelo experiente Paulo Anhaia (Wizards, CPM 22, Charlie Brown Jr), conseguiu capturar todo o peso do grupo, com uma sonoridade que nos remete às dezenas de clássicos lançados na década de oitenta.

Individualmente os destaques vão para o ótimo vocalista Carlos Zema, que sabe dosar a sua voz sem soar repetitivo, e para o belo trabalho de guitarras executado por Luiz Maurício e Ericsson Marin. Completando a banda temos a cozinha competente de Jorge Sampaio e Paulo Martins.

Um ótimo álbum de uma das "novas" caras do metal nacional, e que merece ser conhecido e ouvido por todo e qualquer fã de música pesada.

Faixas:

1. Killing Night
2. World's Destiny
3. D.O.L.L.
4. Slaves Of Reality
5. Souls Of The Gates
6. Screams Of 1964
7. Holy Sky
8. Illusions
9. Hypocrisy
10. Just Rules
11. Master Of Streets




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Heavens Guardian"


Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Os Simpsons: bandas de Rock na versão amarelaOs Simpsons
Bandas de Rock na versão amarela

Heavy Metal: cristãos podem aprender muito com o gêneroHeavy Metal
"cristãos podem aprender muito com o gênero"

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasIndústria
Atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Stoner Rock: Um guia básico para o estiloStoner Rock
Um guia básico para o estilo

Guns N' Roses: vídeo mostra a idade passando para elesGuns N' Roses
Vídeo mostra a idade passando para eles

Pesquisa: música tem efeito positivo em cirurgiasPesquisa
Música tem efeito positivo em cirurgias


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336