Resenha - Intra - Ram-Zet

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Vindo da fria Noruega, o Ram-Zet causou ótima impressão com seu segundo registro chamado "Escape" (2002), que trazia uma música tão estranha quanto o próprio nome da banda. Sua mistura de black metal, industrial, progressivo, entre inúmeros outros estilos, vinha em uma roupagem completamente alucinada. Após três anos afastados dos estúdios, a banda lança agora seu novo trabalho chamado "Intra".

Contando com Zet (voz e guitarra), Sfinx (voz feminina), Jon (baixo), Saraeeta (violino), Magnus (teclados) e Küth (bateria); estes músicos são excelentes e a forma inteligente com que fazem uso de vários subgêneros do Heavy Metal é que torna difícil a tarefa de categorizar suas músicas. Diria que, em linhas gerais, as canções de "Intra" pendem para o lado mais black metal e obscuro, soando progressivo e dramático, sempre instigante e nunca repetitivo.

publicidade

Zet despeja pesadíssimos riffs muito coesos de sua guitarra, trazendo uma aura malévola e soando realmente brilhante em inúmeras passagens. Sua voz é distorcida, urrada e, entre linhas vocais complicadas e urros apavorantes muito bem articulados - lembrando até mesmo Dani Filth em muitos momentos - consegue total contraste com a voz ora sensual, ora angelical de Sfinx.

publicidade

A produção de Daniel Bergstrand (In Flames, Soilwork, Meshuggah) garante uma audição rica em detalhes e, numa ótima seqüência de canções ainda dá para destacar "Enchanted", onde a voz de Zet e a seção rítmica estão matadoras; e "And Innocence" também se caracteriza pela melhor atuação de Sfinx. Mas "Intra" é muito mais! Por exemplo, o violino traz momentos bem tranqüilos às canções, principalmente quando vem confrontar com a guitarra, possui ainda solos deste mesmo violino e teclado, efeitos de corais, tudo com uma faceta psicótica.

publicidade

E depois de várias audições ainda não sei de onde o Ram-Zet arranja tanta inspiração para suas canções bizarras e nada convencionais... "Intra" é um trabalho que realmente merece ser apreciado e é totalmente indicado aos amantes de metal mais extremo e que curtem algo mais experimental, podendo ter ainda a certeza de que é bem diferente do que você imagina... Afinal, como explicar o caos?

publicidade

RAM-ZET – Intra
(2005 / Tabu Records - importado)

01. The Final Thrill
02. Left Behind As Pieces
03. Enchanted
04. Ballet
05. "Peace"
06. And Innocence
07. Born
08. Lullaby For The Dying
09. Closing A Memory

Homepage: www.ram-zet.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda suecaSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

Whiplash.Net: Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do siteWhiplash.Net
Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do site


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin