Resenha - Inventor Of Evil - Destruction

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

10


Quem inventou o mal? Decididamente não foi o "Mad Butcher"... mas que ele deu uma ajudinha para compor a trilha sonora isso ele fez. Após um retorno triunfante com "All Hells Breaking Loose" e "The Antichrist", e um CD interessante ("Metal Discharge"), o Destruction nos brinda com um de seus melhores trabalhos em anos, senão o melhor. A fúria contida nas canções, executadas por Schmier, Mike e Johnny é pulsante e doentia para ouvidos... um arregaço. Por sinal é revigorante ver o mascote do Destruction novamente estampando uma capa do grupo.

De cara a massacrante "Soul Collector" (apresentada aqui no Brasil durante o Live 'N' Louder). Cadenciada e pesada, com riffs matadores e os vocais doentios de Schmier, abre espaço para pedradas como "The Defiance Will Remain", e a veloz "No Mans Land" (se o Black Sabbath fizesse thrash seria assim).

publicidade

Para quebrar o clima a banda emenda uma sessão acústica em "The Calm Before The Storm" (acredite, eles fizeram isso e ficou muito bom), para dar lugar a pedradas como a pula-pula "The Chosen Ones", a cadenciada "Dealer Of Hostility" (as guitarras de Mike soam matadoras) e as lentas e pesadas "Under Surveillance" e "Twist Of Fate". O lado mais speed é defendido com honras por "Seeds Of Hate", enquanto que "Memories Of Nothingness" retorna os experimentos acústicos com extremo talento (os caras detonam nos violões).

publicidade

Um parágrafo deve e é reservado para comentar o destaque maior do CD. A impagável "The Alliance Of Hellhoundz". Com a participação de vários vocalistas consagrados como Paul Di'Anno, Biff Byford, Doro Pesch e Steve Souza, além de nomes novos como Shagrath (Dimmu Borgir), o Destruction conseguiu executar a façanha de colocar todos cantando juntos sem soar embolado e confuso. Procure identificar as vozes de cada um à medida que vai ouvindo a música, um heavy / thrash de respeito. Uma pérola, que a banda terá a obrigação moral de apresentar ao vivo pelo menos uma vez.

publicidade

Nada a dizer além de COMPRE! Se você foi no Live 'N' Louder e tem o cérebro em bom estado de funcionamento, já tem este CD, estou certo?

Material Cedido Por:
Laser Company/Rockbrigade Records
http://www.lasercompany.com.br
http://www.rockbrigade.com.br
São Paulo (SP)

publicidade


Outras resenhas de Inventor Of Evil - Destruction

Resenha - Inventor Of Evil - Destruction




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pabllo Vittar: de Death a Immortal, veja 8 camisetas de metal que a drag já usouPabllo Vittar
De Death a Immortal, veja 8 camisetas de metal que a drag já usou


Metal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.comMetal Alemão
As 10 melhores bandas segundo o About.com

Destruction: o Metal deve permanecer no undergroundDestruction
O Metal deve permanecer no underground


Lemmy: Radiohead e Coldplay são bandas sub-emoLemmy
"Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"

Total Guitar: os melhores e piores covers da históriaTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin