Resenha - Ohmwork - GZR

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6


Enquanto o Black Sabbath se vê as voltas com as eternas crises de Ozzy, ovadas no Iron Maiden durante o Ozzfest, e a constante dificuldade de se gravar material novo em estúdio, tanto Geezer Butler como Tony Iommi acabam produzindo material solo. O de Tony vamos deixar para mais tarde. Agora vamos falar sobre o novo trabalho solo de Geezer (o primeiro desde "Plastic Planet" de 1997). Contando ainda com o talentoso vocalista Clark Brown, o guitarrista Peter Howse e o baterista Chad Smith (que não toca no Red Hot Chilli Peppers), Geeze lança seu novo CD, obviamente, com uma sonoridade pesada e moderna, estilo que caracterizou seus trabalhos solo anteriores.

Guns N' Roses: funkeiro assassina clássico máximo da bandaRiff: palavra sem tradução na língua portuguesa

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Misfit" inicia os trabalhos com "riffs" repetidos, porém com uma boa levada e os vocais interessantes de Clark. Já "Pardon My Depression" vem num ritmo mais arrastado e cadenciado, com o baixo de Geezer dando o ritmo. As coisas começam a ficar estranhas com o misto de industrial e "hip-hop" em "Prisioner 103" (algo bem descartável por sinal), e na chata semi-balada "I Believe".

"Ohmwork" tinha tudo para ser um grande CD, mas infelizmente não emplaca. A confusão de "Rural Sects" ("riffs" despejados sem critério, vocalizações cansativas) se une a velocidade sem inspiração de "Pseudocide" e a lentidão exagerada de "Alone" e "Dogs of Whore". Para compensar, faixas como "Pull the String" e "Don't You Know" são bem legais, principalmente pelo excelente trabalho de Pedro.

Um CD irregular, que não faz jus ao talento dos envolvidos. Melhor esperar Geezer se livrar do Black Sabbath (que não está indo a lugar nenhum) e ter a mente limpa para compor um trabalho digno de sua relevância para o metal. Talento e banda para tanto ele possui.

Site Oficial: http://www.gzrmusic.com

Material Cedido Por:
Century Media Brasil
Http://www.centurymedia.com.br
São Paulo (SP)


Outras resenhas de Ohmwork - GZR

Resenha - Ohmwork - GZR



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "GZR"


Guns N' Roses: funkeiro assassina clássico máximo da bandaGuns N' Roses
Funkeiro assassina clássico máximo da banda

Riff: palavra sem tradução na língua portuguesaRiff
Palavra sem tradução na língua portuguesa


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL