Resenha - Character - Dark Tranquillity

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Após três anos sem lançar nenhum registro com canções inéditas, o sueco Dark Tranquillity vem agora colocar no mercado seu oitavo CD chamado "Character", numa edição com acabamento gráfico caprichadíssimo em digipack. E, para os apreciadores do death metal melódico, garanto que valeu a pena a espera, pois todos os elementos que conhecemos da música desta grande banda estão aqui presentes de maneira muito inspirada.

Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceMetal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21

Trazendo em sua formação Mikael Stanne na voz, Niklas Sundin e Michael Niklasson nas guitarras, Martin Henriksson no baixo, Martin Brandstrom nos teclados e Anders Jivarp na bateria, o Dark Tranquility leva vantagem por estar com uma formação estável há muitos anos, então a coesão entre seus músicos está completamente afiada. Porém, mesmo assim, em vários momentos fica-se impressionado com a beleza dos arranjos e com as interrupções inteligentes e inesperadas no andamento de várias canções.

Em comparação com o antecessor "Damage Done", este vem mais complexo, trazendo mais elementos atmosféricos, mas, em linhas gerais tem a agressão como predominante, tudo permeado pela leve aura melancólica que já é tradição na sonoridade do conjunto. Para quem acompanha a discografia do Dark Tranquility, digo com certeza que tudo o que a banda fez à partir de "The Minds I" (97) até os dias atuais está muito bem misturado neste seu novo trabalho.

"Character" começa com as canções mais diretas do álbum, as explosivas "The New Build" e "Through Smudged Lenses", com os trabalhos de guitarras bem próximos do que a banda fez nos anos 90. A partir daí, os elementos mais modernos se fazem presentes, conduzidos por riffs mortíferos, uma cozinha vigorosa, consistente e criativa. Stanne, com suas linhas vocais roucas e passionais só vem a comprovar que sua reputação é mais do que merecida. As canções deste disco são repletas de pequenos detalhes que, somados, tornam a música do Dark Tranquility bastante rica, fazendo deste disco ótimo exemplo de bom gosto.

E, além de tudo isso, este registro traz ainda como bônus cinco vídeos (já vi muito menos que isso em EPs caça-níqueis...), sendo "Lost to Apathy", de estúdio e com efeitos visuais bem interessantes. Os outros são de apresentações ao vivo na Coréia em 2004, três do Festival de Busan e outro num minúsculo palco de um clube de Seul, onde se percebe como a banda funciona sobre palcos grandes e pequenos.

Considerando que 2005 está sendo um ano em que poucos lançamentos conseguem realmente chamar a atenção, "Character" é, em tudo, um registro muito forte. E provavelmente este será considerado no futuro um dos melhores trabalhos da já excelente discografia do Dark Tranquility. Indicadíssimo!

Dark Tranquillity - Character
(2005 - Century Media Records)

01. The New Build
02. Through Smudged Lenses
03. Out of Nothing
04. The Endless Feed
05. Lost To Apathy
06. Mind Matters
07. One Thought
08. Dry Run
09. Am I 1?
10. Senses Tied
11. My Negation

Vídeo-bônus
01.Lost to Apathy (video clip)
LIVE IN KOREA 2004
02.Damage Done
03.The Wonders At Your Feet
04.Final Resistance
05.The Treason Wall

Homepage: www.darktranquillity.com


Outras resenhas de Character - Dark Tranquillity

Resenha - Character - Dark Tranquillity




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dark Tranquillity"


Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da SuéciaMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia


Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceMotorhead
A opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhice

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21

Vício: Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroínaVício
Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroína

Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do MetalHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

Metallica: a regressão técnica de Lars UlrichMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

Silas Malafaia: pastor manda um stage-dive no meio da plateiaSilas Malafaia
Pastor manda um stage-dive no meio da plateia

Conceituais: 7 álbuns que fizeram história contando uma históriaConceituais
7 álbuns que fizeram história contando uma história


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClioIL