Matérias Mais Lidas

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemDave Mustaine mostra a forma curiosa como se aquece antes de um show do Megadeth

imagemQueen e a artimanha infantil de Roger Taylor pra ganhar mais dinheiro que os outros

imagemAbba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra o dia que conheceu John Lennon - e se arrependeu

imagemKurt Cobain fala sobre infância, escola, sucesso, paternidade, morte e mais


Resenha - Accidentaly On Purpose - Gillan & Glover

Por Ben Ami Scopinho
Em 21/06/05

Primeiramente, para se escutar e escrever sobre este "Accidentaly On Purpose", temos que ignorar que Ian Gillan e Roger Glover são os ‘caras’ do Deep Purple, um dos monstros do rock pesado setentista que está na ativa até os dias de hoje. À partir daí, fica-se mais fácil aceitar e entender um registro como este.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Aqui, todos os limites impostos pelo estilo do Purple deixam de existir. São apenas dois bons amigos cheios de idéias "esquisitas" para algumas músicas ainda mais "esquisitas"; que estavam a fins de fazer algo diferente do habitual.

Depois da excursão que o Deep Purple fez para divulgar o álbum "The House Of The Blue Light", de 87, Gillan e Glover se juntam para gravar algumas canções que resultaram neste "Accidentaly On Purpose". Aqui quase tudo cheira ao pop alto-astral oitentista e, em sua grande maioria, dançante. A descontração da dupla e demais músicos envolvidos nesta salada musical é grande, resultando em algo até agradável de se escutar. Isso para quem não se importa em escutar música pop esporadicamente, é óbvio.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A quantidade de estilos musicais abordados é grande. A primeira canção já é uma balada, a belíssima "Clouds And Rain", onde Gillan interpreta com muito sentimento e é sem dúvida o grande momento do CD. Ainda sobre canções lentas, temos "She Took My Breath Away", com uma percussão meio latina, que ficou bem interessante. Já "Lonely Avenue", cantada de maneira bem diferente por Gillan, com apoio de vozes femininas, é apenas razoável.

Na linha mais próxima do rock´n´roll, temos "Evil Eye", com influências de Deep Purple. "I Thought No" e "Via Miami" são bons rocks dançantes, onde Glover usa e abusa de um ritmo sacana com seu baixo. Temos "I Can't Dance To That", que é a mais pesada e bluesy, com bom trabalho de guitarras e que se destoa de todo este álbum. "Can't Believe You Wanna Leave" é uma semi-balada meio blues, toda swingada e conduzida pelo piano.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Há coisas muito estranhas, soando bem parecido com Talking Heads (é mole?!?!), como "Dislocated", cheia de metais e "Telephone Box", com sintetizadores, teclados, coros femininos, típica canção de rádio. Há até um reggae! "Cayman Island" é bem cômica e competente dentro de sua proposta, fazendo Bob Marley sorrir satisfeito em sua tumba. "Purple People Eater", minha nossa, o que é isso?!? Há uns 20 anos isso teria feito todo mundo dançar numa festa. Ou encher a cara de desgosto...

Bom, se alguém aí acha que acabou ou que exagerei em algum ponto, escute a última faixa, "Chet". Sintetizadores, assobios, mulheres, vozes estranhas, uma zona! Parece trilha sonora de "Pulp Fiction"....

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

GILLAN AND GLOVER – Accidentaly On Purpose
(1998 / Eagle Records – 2005 / ST2 Records)

01. Clouds And Rain
02. Evil Eye
03. She Took My Breath Away
04. Dislocated
05. Via Miami
06. I Can't Dance To That
07. Can't Believe You Wanna Leave
08. Lonely Avenue
09. Telephone Box
10. I Thought No
11. Cayman Island
12. The Purple People EaterChet
13. Chet

Nota: sei lá.....

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.