Matérias Mais Lidas

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que os headbangers idolatram 1986

imagemNovo clipe do Megadeth ultrapassa meio milhão de visualizações no Youtube

imagemOzzy Osbourne libera clipe da nova música "Patient Number 9", faixa do novo álbum

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post


Stamp

Resenha - Shaded By The Leaves - Chandeen

Por Rafael Carnovale
Em 13/01/05

Nota: 7

Quem pensa que estamos diante de mais uma banda alemã gótica com vocais femininos irá se surpreender, pois o buraco é definitivamente mais embaixo. O projeto Chandeen foi criado em 1990 por Harald Lowy (teclados) e Oliver Henkel (teclados). Com inúmeras mudanças de formação e 5 álbuns lançados, a banda encerrou atividades em 2004, após lançar um "best of" denominado "Pandora’s Box". Este "Shaded By the Leaves" é o primeiro cd, lançado em 1991, e que contava na época com as vocalistas Antje Schulz e Catrin Mallon.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao ouvir "Waterscapes" e "Lumis" nota-se que o duo compositor se preocupava em mesclar o pop rock com nuances bem viajantes, um pricípio do que viria a ser a música gótica. A banda possuía guitarra e baixo (contatados), mas os teclados ditavam o ritmo do cd. "Red Letter Days" (quase um híbrido do Depeche Mode dos anos 80) e "Darkness" eram músicas suaves, quase um som progressivo, mas com os vocais femininos dando a dose pop necessária.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Definitivamente estamos diante de um cd que se encaixaria como "música atmosférica". Tem dúvida? Ouça as duas partes da "suíte" "Silent Gods" ou a doce "Recall Me" ou as mais agitadas "Raindance" e "Hope and Violence", além da belíssima "bonus track" "Mysterious Clouds". Um cd que seria perfeito para a trilha sonora de um filme de suspense. Apesar de ter uma linha bem determinada e de não fugir ao contexto pop-progressivo, a banda consegue soar criativa e inovadora, fazendo da audição deste cd uma surpresa bem agradável.

Um cd interessante. Não irá grudar na sua cabeça, mas irá no mínimo chamar sua atenção. Indicado para aqueles que não se importam com algo mais viajante, mas que não conseguiriam ouvir Enya durante mais de 10 minutos!!!!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Site Oficial: http://www.chandeen.com

Material Cedido Por:
Hellion Records.
Http://www.hellionrecords.com
São Paulo (SP)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.