Resenha - Painted Reality - Atlantida

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar Correções  

9


Sob o nome Atlantis a banda carioca hoje conhecida com Atlantida lançou o seu primeiro trabalho, o EP (e demo) "New Frontiers". Este trabalho chamou a atenção de muita gente, tanto fãs como imprensa no seu geral, pelas qualidades do sexteto em executar e compor suas músicas dentro de um estilo pouco desenvolvido entre as bandas brasileiras: o metal progressivo. O nível de qualidade da banda estava tão evidente que notava-se que não seria necessário muito tempo até a banda trazer para as nossas mãos o seu ‘debut’ definitivo.

publicidade

"Painted Reality" é o nome deste ‘debut’, trazendo um Atlantida mais heavy metal, progressivo e mais maduro. Suas faixas não beiram o experimentalismo, a virtuose excessiva, mas sim, caminha para um lado mais direto e digno de muitos elogios. Estes elogios já começam quando repararmos, em primeiro plano, o vocal de Luiz Siren, que para mim já pode ser incluído no seleto grupo de cinco melhores vocalistas do Brasil. Seu timbre difere bastante do convencional, e mesmo sendo "diferente" do habitual, encaixa-se muito bem na proposta da banda, especialmente em momentos onde é exigido uma maior agressividade e uma maior precisão. Mas como sabemos, nenhum centroavante leva o time inteiro nas costas. E o time "Atlantida" conta com uma dupla eficiente nas guitarras, realmente perfeita, além é claro de um baterista com uma pegada bem forte. O trabalho de baixo e teclado não fica para trás também.

publicidade

Quanto as composições, o disco abre com a interessante "Burn the Bridge", com a já comentada agressividade, especialmente em seu refrão. Uma composição perfeita para abrir o disco e deixar os ouvintes esperançosos quanto ao restante do CD. "I Lost You" mantém o peso, diferente da curta "Snowrider", com uma levada mais "alegre" e progressiva. "Real Dream" é uma música que preza pela criatividade, variando de partes mais cadenciadas para outras de puro peso. "Living in a Bottle" é uma balada interessante, uma das melhores melodias que a banda desenvolveu em todo o álbum. "Find Your Identity" é uma composição bem progressiva, merecedora de muito espaço dentro do disco. Mas por incrível que pareça, nenhuma destas faixas citadas podem ser comparadas com a última, "Two Minds", a música mais pesada do grupo contando ainda com a participação de Kiko Loureiro (Angra) em alguns solos e de Renato Tribuzy (Execution) em alguns vocais. Esta música é simplesmente perfeita, as interpretações de ambos os vocalistas fará o ouvinte repetir por muitas vezes as música. Certamente o ponto mais alto de "Painted Reality".

publicidade

Sugiro que você corra atrás deste disco o mais rapidamente possível. Se fizer isso garanto que você terá em suas mãos um dos melhores (se não o melhor) lançamento do metal brasileiro em 2004. Imperdível!

Site oficial: www.atlantidamusic.com

Line-up:
Luiz Siren (vocal);
Mike Lerner (guitarra);
Alex Macedo (guitarra);
Andrej Kopke (baixo);
Roberto Schilling (teclado);
Felipe Calani (bateria).

publicidade

Track-list:
01. Burn the Bridge
02. I Lost You
03. Snowrider
04. Real Dream
05. Living in a Bottle
06. Following the Sun
07. New Frontiers
08. Painted Reality
09. Find Your Identity
10. Two Minds




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Motley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy LeeMotley Crue
Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee

Separados no nascimento: Steven Tyler e Márcia GoldsmichSeparados no nascimento
Steven Tyler e Márcia Goldsmich


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin