Resenha - Tempo Of The Damned - Exodus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Um grupo que entra na história ao iniciar suas atividades delineando o thrash metal num álbum clássico como "Bonded By Blood" (1985), tende a gerar sentimentos extremos. Quando retorna a gravar em estúdio dois anos após o a morte de seu legendário vocalista Paul Baloff, aí então, não tenha dúvida, o "ame ou odeie" invade todo e qualquer espaço. É isto o que acontece com o Exodus.

My Chemical Romance: Gary Holt é fã da banda e quer ir ao show de retornoQueen: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Os fãs e a imprensa vêm despejando suas opiniões sobre "Tempo Of The Damned" (2004) com tantas variações quanto possíveis. Na perspectiva sobredita, entro sem dúvida no time do "ame", pois, além de considerar este um clássico absoluto da banda, coloco-o, ainda na metade do ano, certamente entre os melhores lançamentos de 2004.

Inovador? Não. 'Apenas' os característicos vocais de Steve Souza, a excelente cobertura de Jack Gibson e Tom Hunting, e a dupla Rick Hunolt e Gary Holt, incessantemente produzindo riffs e solos incríveis nas guitarras. Impossível pará-los.

O Exodus homenageia e orgulha seu ex-vocalista e toda a Bay Area com uma metralhadora de thrash raiz, direto, sem frescuras. Pouco mudou, e não há problemas nisso. É simplesmente maravilhoso ouvir tudo isso novamente em composições inéditas após tanto tempo. A coroa para os reis, por favor.

Site Oficial - http://www.exodusattack.com

Steve Souza (Vocais)
Rick Hunolt (Guitarra)
Gary Holt (Guitarra)
Jack Gibson (Baixo)
Tom Hunting (Bateria)

Material cedido por:
Nuclear Blast - http://www.nuclearblast.de
Caixa Postal 1240 São Paulo SP 01059-970 BRASIL
Telefone: (0xx11) 3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195
Email: brasil@nuclearblast.de


Outras resenhas de Tempo Of The Damned - Exodus

Exodus: Em 2004, um recomeço na base da fúria e do pesoResenha - Tempo Of The Damned - ExodusResenha - Tempo Of The Damned - ExodusResenha - Tempo Of The Damned - Exodus




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Exodus"


My Chemical Romance: Gary Holt é fã da banda e quer ir ao show de retornoMy Chemical Romance
Gary Holt é fã da banda e quer ir ao show de retorno

Gary Holt: Protestos no Chile são resposta à privatização de direitos básicos.Gary Holt
"Protestos no Chile são resposta à privatização de direitos básicos".

Exodus: Gary Holt diz quem são seus ídolos no MetalExodus
Gary Holt diz quem são seus ídolos no Metal

Exodus: Não há Big 4, há o Big 1 e os outros três, diz ZetroExodus
"Não há Big 4, há o Big 1 e os outros três", diz Zetro


Queen: Perguntas e respostas e curiosidades diversasQueen
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaMilhões
Os eventos com maior público da história da música


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336