Matérias Mais Lidas


Resenha - Eternity - Anathema

Por Sílvio Costa
Postado em 15 de novembro de 2003

Este disco marca o fim da metamorfose que o Anathema sofreu com a saída do antigo vocalista Darren White, transformando o antigo estilo da banda (um doom metal mais tradicional, típico das bandas inglesas do estilo no início da década de 1990) em algo mais ou menos próximo do rock progressivo ou do que viria a caracterizar o gothic metal, surgido mais ou menos dois anos depois, tendo como expoentes bandas como Tristania e Lacuna Coil. É um divisor de águas que estabelece uma espécie de padrão para as bandas que se aventurariam pelo estilo nos anos seguintes.

Anathema - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os vocais de Vincent Cavanagh soam tristes, sem parecerem auto-indulgentes (coisa tão comum nas bandas de doom/gothic metal de hoje). Isto significa que a melancolia dos arranjos e a beleza quase etérea das canções fluem naturalmente, sem que nada pareça forçado ou estudado. As linhas melódicas, estruturadas nas guitarras de Daniel Cavanagh e nas intervenções brilhantes dos teclados e sintetizadores, soam fluidas e naturais, como em "Angelica" ou "Far Away", para citar apenas dois exemplos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma das surpresas do disco é "Hope", um cover "espiritual" do Pink Floyd, que, a partir deste álbum, passa a ser reconhecido como uma das maiores influências dos mestres do doom metal britânico.

Para finalizar, não há como esquecer a magnífica capa, onde um anjo de mármore reluz entre as estrelas. Como se não bastasse a sonoridade de veludo que a banda atingiu neste disco, ela ainda nos presenteia com este pequeno pedaço de beleza gráfica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Sílvio Costa

Formado em Direito e tentando novos caminhos agora no curso de História, Sílvio Costa é fanzineiro desde 1994. Começou a colaborar com o Whiplash postando reviews como usuário, mas com o tempo foi tomando gosto por escrever e espera um dia aprender como se faz isso. Já colaborou com algumas revistas e sites especializados em rock e heavy metal, mas tem o Whiplash no coração (sem demagogia, mas quem sabe assim o JPA me manda mais promos...). Amante de heavy metal há 15 anos, gosta de ser qualificado como eclético, mesmo que isto signifique ter que ouvir um pouco de Poison para diminuir o zumbido no ouvido depois de altas doses de metal extremo.
Mais matérias de Sílvio Costa.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS