Resenha - Time Does Not Heal - Dark Angel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alexandre Avelar
Enviar Correções  

Riffs. Dezenas deles. O número de riffs de guitarras presente neste CD supera o que pode ser encontrado em toda a discografia de qualquer dessas bandas de power e melódico que andam por aí.

Metallica: bateria icônica de "One" foi copiada de Gene Hoglan? O próprio comenta

50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

Mas não é só isso. As letras das músicas. Imagine um disco em que a maioria de suas nove faixas possui letras maiores, mais elaboradas e mais inteligentes que "Rime Of The Ancient Mariner" do Iron Maiden. Mas vou avisando: os temas das letras das músicas são sempre polêmicos, com uma abordagem psicológica que pode deixar muita gente boiando.

O Dark Angel, pra quem não sabe, é uma das melhores bandas da época áurea do thrash metal americano, ao lado de Metallica, Slayer, Testament, Exodus, Forbidden, Nuclear Assault, Megadeth, Anthrax, entre outros. Sua pequena discografia tem nesse "Time Does Not Heal", de 1990, seu ápice, e também seu "canto de cisne", já que a banda acabou se separando em 1992.

Voltando ao disco em si, imagine um "And Justice For All" do Metallica, porém com muito mais vigor e energia, e com um vocalista ainda mais agressivo e versátil que o próprio James Hetfield. "Time Does Not Heal" é tudo isso, e tem como vantagem em relação a seu antecessor - "Leave Scars" - uma sensível melhora na produção e mixagem, além de uma performance vocal infinitamente superior, embora ambos os discos contem com o mesmo vocalista, Ron Rineheart. Ah, já ia esquecendo: Gene Hoglan, o baterista, mais tarde integrou o lendário Death, do saudoso Chuck Schuldiner.

A Century Media lançou esse CD dentro do pacote de reedições dos clássicos da gravadora COMBAT (que inclui os fundamentais Exodus, Forbidden e Nuclear Assault) há um par de anos atrás, e, infelizmente, parece que agora está tirando esses CDs de catálogo, pois vem realizando um "saldão" com os mesmos.

Mas, antes que isso aconteça, quem gosta de Thrash Metal estilo anos 80, ou mesmo quem gosta de qualquer gênero de metal, e aprecia músicas ultra-elaboradas e agressivas, precisa conhecer esse CD.


Outras resenhas de Time Does Not Heal - Dark Angel

Resenha - Time Does Not Heal - Dark Angel

Resenha - Time Does Not Heal - Dark Angel




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: bateria icônica de One foi copiada de Gene Hoglan? O próprio comentaMetallica
Bateria icônica de "One" foi copiada de Gene Hoglan? O próprio comenta


Metal: dez álbuns provam que 1986 foi o ano do ThrashMetal
Dez álbuns provam que 1986 foi o ano do Thrash

Dark Angel: se o Metallica levar um Grammy, a gente mete um processo nelesDark Angel
"se o Metallica levar um Grammy, a gente mete um processo neles"


50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 61650 a menos
Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

Iron Maiden: O que a equipe consome quando vai a um pub?Iron Maiden
O que a equipe consome quando vai a um pub?


Sobre Alexandre Avelar

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin