Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura


Resenha - Music Remains The Same: A Led Zeppelin Tribute - Led Zeppelin

Por Tiago Lucas Garcia
Em 29/03/03

Aposto que antes de você clicar no atalho para ler esse review você pensou: "Lá vem outro tributo caça-níqueis". Porám, dessa vez não se trata daqueles tributos bizarros que se encontra no supermercado (aqueles tributos orquestrados de qualidade para lá de duvidosa) e muito menos de um mega investimento de uma grande gravadora. A intenção desse aqui é colocar bandas de metal para reescrever os clássicos do Led. Entre essas bandas de metal podemos ouvir nesse play: Grave Digger, Primal Fear, Blaze, Doro, Angra entre outros. O estranho é que mesmo contando com a presença de um representante brasileiro e de bandas consagradas por aqui, muita gente nunca ouviu falar desse tributo...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bem, como cada faixa de um tributo é tocada por uma banda diferente ou vou fazer uma analise "track-by-track"... sigam-me:

Angra, Kashmir: Logo no começo dá para perceber que o intuito do Angra foi colocar a própria cara no clássico. Umas percussões a lá "Holy Land" e o estilo guitarristico da dupla Kiko/Rafael são bem evidentes em toda a faixa. Vale destacar também o vocal de Eduardo Falaschi que ficou muito apropriado ao estilo "épico oriental" da música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Blaze, Dazed and Confused: O ex-vocalista do Maiden manda bem numa versão quase doom (na verdade se trata de uma versão bem pesada de um blues, mas para ouvidos metálicos se trata de "doom") do som do primeiro álbum do quarteto Inglês.

Primal Fear, The Rover: Confesso que não ouvi muitas vezes esse som (do álbum Physichal Graffiti), mas essa versão do Primal Fear soa "100% Primal Fear". Talvez se fosse colocado no meio de um dos álbuns dos alemães eu nem iria perceber que se tratava de um cover. É para esse tipo de versão que serve um tributo.

Doro, Babe I´m Gonna Leave You: Doro aproveita os "crescendos" e "diminuendos" desse som para mostrar seus dotes vocálicos. A musica se adequou muito bem ao seu estilo.

Elegy, Rock ´n´ Roll: Os holandeses do Elegy ficaram com a incumbência de gravar um dos maiores clássicos do Led, e se deram bem. Colocaram umas notas a mais aqui e acolá, umas mudanças de tempo e o reciclaram de forma digna.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tierra Santa, Communication Breakdown: Os espanhóis do Tierra Santa fizeram uma versão "frenética" para Communication Breakdown. Ficou parecida com algo do Judas Priest.

Grave Digger, No Quarter: O Grave Digger reescreveu de forma excelente a "viajante" No Quarter. Era de se esperar que o Grave Digger escolhesse uma musica mais pesada, mas a escolha dessa faixa se mostrou perfeita. Soa como uma das antigas baladas dos alemães, como "Yesterday".

Masterplan, Black Dog: O recém formado Masterplan ficou com o clássico "cachorro preto". Destaque para Jorn Lande que mais uma vez mostra que sabe coverizar muito bem vocalistas dos anos 70.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Consortium Project: O projeto do guitarrista francês Patrick Rondat e do vocalista Ian Perry gravou de forma adequada à faixa de abertura do Led Zeppelin III.

Mago de Öz, Whole Lotta Love: Os "madrileños" do Mago de Oz desfiguraram inverteram e remexeram inteiramente a musica do Led. Assim como em suas músicas colocaram uma passagem com whistle (flauta irlandesa) e violinos. Incluíram também passagens mais épicas. No final o resultado ficou interessante.

Axxis, Good Times Bad Times: O Axxis fez uma versão legal, porem não muito inovadora da faixa do primeiro álbum do Led.

White Skull, Stairway To Heaven: E o "gran finale" ficou com o White Skull que gravou "aquela musica" que todo o humano que não é surdo já ouviu. De novo só a já esperada(em se tratando de uma banda de metal tradicional) pisada no acelerador no final da musica.

Considerações Finais... O mais legal de um "cover" é quando a banda se apropria da essência da musica coverizada para criar uma nova musica, incorporando características próprias. Por isso é bem interessante quando ocorre de bandas de um determinado estilo fazerem covers de músicas de outros estilos(mesmo que seja de hard rock para metal). Aí reside a maior qualidade desse tributo. Que mais tributos nessa linha possam freqüentar nossos cd-players, quem sabe tributos metálicos ao Uriah Heep, Rainbow...

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Live and Dangerous: as 10 melhores bandas ao vivo