Resenha - Sacrifice - Seventh One

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Que bela estréia destes escandinavos! Formado em 1997 por Christoffer Hermansson e Johannes Losbäck, o Seventh One manda logo de cara, em “Sacrifice”, dez boas faixas, algumas inclusive candidatas a hinos para os fãs de heavy tradicional, power metal.
5000 acessosRed Hot Chili Peppers: as melhores músicas segundo o Loudwire5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980

Quase toda a banda é sueca. Somente Rino Fredh, o vocalista, vem da Noruega. E é exatamente ele o principal responsável pelo sucesso do álbum.

As guitarras soam boníssimas, pesadas, fortes. O baixo dá o suporte necessário nas bases e também tem um baita som – a produção é de Lars Ratz, então já era possível prever isso. A bateria igualmente. Ou seja, não há reclamações a fazer e a parte instrumental contém bons arranjos, figurando-se correta no estilo tocado. Contudo, passa longe de encher os olhos. E é aí então que aparece Fredh, e a fórmula se completa.

Você pode dizer que os vocais lembram Blind Guardian e certamente não estará errado em sua afirmação. Todavia, o cara varia constantemente, havendo um dinamismo maior em relação a outros cantores dessa vertente. Ele se distingue bem, abrindo possibilidades mil com uma excelente técnica, e surpreendentes ‘movimentos mutantes’.

A seqüência “Eternally”, “The Fall” e “Remembrance” chama especialmente a atenção, apesar de todo o álbum manter-se num bom nível.

Não vejo qualquer pretensão neles de soarem diferentes, mesmo com as magníficas vocalizações. Porém, esse começo dá a impressão de não ser apenas mais uma banda. Há um ‘q’ de especial por aqui.

Site Oficial - http://www.seventhone.net

Formação:
Rino Fredh (Vocais – Backing Vocals)
Christoffer Hermansson (Guitarras)
Johannes Losbäck (Guitarras – Backing Vocals)
Jörgen Olsen (Baixo)
Tobias R. Kellgren (Bateria)

Material cedido por:
Hellion Records – http://www.hellionrecords.com
Rua 24 de Maio, 62 – Lojas 280 / 282 / 308 – Centro.
São Paulo – SP – BRASIL
CEP: 01041-900
Tel: (11) 5083-2727 / 5083-9797 / 5539-7415
Fax: (11) 5549-0083
Email: hellion@uol.com.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Sacrifice - Seventh One

245 acessosResenha - Sacrifice - Seventh One

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Seventh One"

Red Hot Chili PeppersRed Hot Chili Peppers
As melhores músicas segundo o Loudwire

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1980

Em 09/12/2004Em 09/12/2004
Dimebag Darrel é assassinado a tiros durante show

5000 acessosSlipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal5000 acessosEsquire: Integrantes do Metallica fingem ser do Led Zeppelin5000 acessosMetallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed5000 acessosAlice Cooper: encontro bizarro com Elvis Presley5000 acessosPantera: a complicada relação dos irmãos Abbott com o pai4538 acessosDream Theater: a criação de obra-prima com a ajuda de Shakespeare

Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online