Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemMax Cavalera diz que Igor merece mais crédito entre os bateristas mundiais

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemMetallica em Belo Horizonte: Sorte de quem pôde ir


Resenha - Intimate Portrait - Em Sinfonia

Por Thiago Sarkis
Em 07/07/02

Nota: 7

Com o fim do Broken Hope, há grande possibilidade de Brian Griffin se dedicar em tempo integral ao Em Sinfonia. Porém, os fãs vão sentir a falta daquela agressividade toda do death da antiga banda do guitarrista. Em sua nova empreitada, a postura assumida se assemelha à do Theatre Of Tragedy antigo ou até mais proximamente, à do Trail Of Tears.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A produção para o primeiro CD integral deixa bastante a desejar e, junto dela, a atuação da vocalista Bunny, bem abaixo do nível das outras cantoras desse estilo doom "a bela e a fera". Se a questão fosse moda, ela até que se sairia bem, pois é uma morena estonteante. Infelizmente não tratamos de foto ou imagem por aqui, e quando ela abre a boca, sobram falhas e visível inexperiência.

Como pontos fortes, temos as guitarras de Griffin, bem pesadas e incisivas, e as composições, que chegam a ter instantes esquisitos, variando incansavelmente, e encantando vez ou outra.

É interessante ver essa categoria elevada de um compositor que se dedicou ao death metal, passando para o doom, aliviando um pouco a barra. Contudo, durante a quase uma hora de duração do disco, incluindo-se aí a versão para "Revelations" do Maiden, tive a nítida impressão de que, no caso de Griffin, talvez esse seja um produtivo passatempo e não um projeto para boa parte de sua vida.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Site Oficial – http://members.aol.com/mrtyrmusic/es/

Formação:

Bunny (Vocais)
Brian Griffin (Guitarra – Vocais – Baixo)
Sean Baxter (Guitarra – Baixo – Violinos)
Rick Alexander (Teclados – Backing Vocals)
Larry DeMumbrum (Bateria)

Material cedido por:
Martyr Music Group – http://www.martyrmusicgroup.com
P.O. Box 42323 PGH
PA 15203
Tel: +1 (412) 390-1272
Email: [email protected] e [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.