Resenha - Send Me An Angel - Vision Divine

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

6


Em termos de imagem e moral, cumprir contratos nem sempre é uma boa, e Rubinho Barrichello provou isso de maneira contundente a todos nós. Pode parecer pesado falar dessa forma e levantar uma questão de moralidade, mas é exatamente o que me veio à cabeça ao ouvir o segundo álbum do Vision Divine. Os italianos não baixaram o nível, porém, definitivamente arremessaram, a torto e a direito, um novo disco no mercado, soando como algo do tipo: "Aí está, mais um lançamento do Vision Divine".

Pelo menos metade, dos pouco mais de quarenta e três minutos do disco, causa séria sonolência. As faixas repetem idéias e os arranjos caem na mesmice vez por outra. Como se não bastasse isso, Fabio Lione desafina feio em alguns momentos e até a qualidade técnica está reduzida em relação ao debute.

publicidade

Olaf Thörsen realiza um bom trabalho nas guitarras, contudo, aparenta estar passeando, ao lado de Andrew McPauls, numa terra de músicos perdidos.

Os destaques vêm exatamente naquilo que não foi totalmente realizado pelo Vision Divine. Em síntese, a versão para "Take On Me" do A-Ha, realmente bem bacana, e a instrumental "Nemesis", com uma citação de certo forjada, mas indubitável a "Eye Of The Tiger" do Survivor. No mais, alguns feixes de luz, em escassos refrões atraentes.

publicidade

Caso você seja fã de Labyrinth, Rhapsody ou tenha gostado do primeiro trabalho do Vision Divine, vá lá e dê uma conferida. Todavia, saiba que não vai achar nada próximo ao que proveio de seus ídolos anteriormente.

Se foi por questão contratual que surgiu "Send Me An Angel", numa necessidade de lançar outro trabalho, não sei, mas que pareceu algo totalmente sem vibração e feito por obrigação, disso você pode ter certeza.

publicidade

Site Oficial – http://www.guardianangel.fr.st

Formação:

Fabio Lione (Vocais)
Olaf Thörsen (Guitarras)
Andrea "Tower" Torricini (Baixo)
Andrew McPauls (Teclados)
Mat Stancioiu (Bateria)

Material cedido por:
Rock Brigade / Laser Company Records – http://www.lasercompany.com.br
Rua Madre de Deus 432 - CEP: 03119-000
São Paulo / SP – BRASIL
Tel.: (0xx11) 6605-6011
Fax: (0xx11) 6605-2288
Email: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Angra: Fabio Lione mostra seus talentos como tenorAngra
Fabio Lione mostra seus talentos como tenor

A-Ha: pop norueguês que influenciou algumas bandas de metalA-Ha
Pop norueguês que influenciou algumas bandas de metal


Treta: Zakk Wylde cuspiu cerveja em James Hetfield?Treta
Zakk Wylde cuspiu cerveja em James Hetfield?

Ozzy Osbourne: O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!Ozzy Osbourne
"O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin