Matérias Mais Lidas

Iron Maiden: James LaBrie recusou audição para assumir o lugar de Bruce DickinsonIron Maiden: James LaBrie recusou audição para assumir o lugar de Bruce Dickinson

Andrea Meyer: família emite comunicado sobre vítima do ataque com flechas na NoruegaAndrea Meyer: família emite comunicado sobre vítima do ataque com flechas na Noruega

Dream Theater: confira A View From The Top Of The World, novo álbum da bandaDream Theater: confira "A View From The Top Of The World", novo álbum da banda

Skank: a frase homofóbica que Samuel Rosa se arrependeu de ter dito para livro de LeoniSkank: a frase homofóbica que Samuel Rosa se arrependeu de ter dito para livro de Leoni

Judas Priest: Rob Halford revela qual é a sua música definitiva da bandaJudas Priest: Rob Halford revela qual é a sua "música definitiva" da banda

Epica: quase fui queimada viva, relembra Simone Simons sobre acidente na HolandaEpica: "quase fui queimada viva", relembra Simone Simons sobre acidente na Holanda

Metal Sinfônico: os 25 melhores álbuns do gênero segundo a revista Metal HammerMetal Sinfônico: os 25 melhores álbuns do gênero segundo a revista Metal Hammer

Gene Simmons: Minha vista está boa e meu bilau funciona! Tá bom, né?Gene Simmons: "Minha vista está boa e meu bilau funciona! Tá bom, né?"

Doom Metal: Os 10 melhores grupos, pela Classic Rock HistoryDoom Metal: Os 10 melhores grupos, pela Classic Rock History

Black Label Society: Zakk Wylde finalmente concluiu Farewell Ballad e irá lançá-laBlack Label Society: Zakk Wylde finalmente concluiu "Farewell Ballad" e irá lançá-la

Mayhem: baixista conta porque é comparado ao baixinho irritado do MetallicaMayhem: baixista conta porque é comparado ao "baixinho irritado" do Metallica

Metal: 6 discos que serão lançados em novembro e merecem a sua atençãoMetal: 6 discos que serão lançados em novembro e merecem a sua atenção

Dream Theater: Petrucci frustrado por causa da turnê; essa decisão não foi unânimeDream Theater: Petrucci frustrado por causa da turnê; "essa decisão não foi unânime"

Dani Filth: Faust contou que havia matado alguém, mas ele duvidou; me senti cúmpliceDani Filth: Faust contou que havia matado alguém, mas ele duvidou; "me senti cúmplice"

David Ellefson: ele conta como esposa e filhos reagiram após vazamento dos vídeosDavid Ellefson: ele conta como esposa e filhos reagiram após vazamento dos vídeos


Stamp

Resenha - Vapor Trails - Rush

Por Fábio Faria
Em 05/05/02

Nota: 9

Quase seis anos depois de lançar seu último álbum de estúdio, o trio canadense Rush volta à cena com seu novo trabalho batizado de "Vapor Trails", cuja ótima produção ficou a cargo dos próprios integrantes da banda – assessorados pelo engenheiro de som Paul Northfield. São treze canções que mostram o Rush do novo milênio revigorado e repleto de entusiasmo, soando como os fãs esperam, entretanto, deixando de lado sua veia mais progressiva para apostar no peso do power-trio propriamente dito. Nada de sintetizadores ou teclados, é guitarra, baixo e bateria em sua forma mais pura.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os riffs pesados criados pelo guitarrista Alex Lifeson mostram que a meta era deixar as canções – "One Little Victory" e "Nocturne", só para citar algumas - com uma sonoridade mais contemporânea – leia-se aí em relação cenário musical norte-americano. Talvez por isso, o guitarrista optou por não solar nas novas composições. O CD acaba e você, descrente, pergunta se não reparou nos solos. É verdade, eles não existem mesmo. Mas em compensação, sem o uso proposital dos teclados tão abundantes em outros álbuns do Rush, Lifeson pode explorar mais a fundo os sons de sua guitarra, que ao longo das 13 faixas do disco apresentam uma variedade de texturas que com certeza vão agradar os amantes do instrumento que não consideram como virtude escalas mirabolantes à velocidade da luz.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Geddy Lee continua o mestre de sempre nas quatro cordas, criando linhas de baixo no mínimo inspiradíssimas – vide "Freeze", "Out of the Cradle", "Sweet Miracle" ou "Peaceable Kingdon", em que o baixo faz o papel da guitarra base. Como vocalista, Lee não perdeu o pique e mostra que a maturidade lhe permitiu o pleno domínio de sua voz tão característica.

Quanto ao modo de composição do Rush, não houve mudanças, ou seja, Lee e Lifeson cuidam dos arranjos das canções e Neil Peart é o responsável pelas letras. Depois de se recuperar da morte - num período inferior a um ano - de sua única filha e de sua esposa, era de se esperar que os assuntos abordados por Peart deixassem de ser abstratos e passassem a mostrar um lado mais pessoal e introspectivo como letrista. Com as baquetas na mão e os pés nos bumbos, Neil Peart, um dos mais influentes bateristas da história do Rock, faz miséria. Desde a faixa de abertura "One Little Victory", passando por "Nocturne", até a última faixa "Secret Touch", o baterista deixa a entender que a precisão nos movimentos é o que ele busca, e isso aliado às famosas viradas, provam que Peart conseguiu superar as dificuldades em sua vida pessoal, que o deixaram um longo período sem tocar, e satisfazer seus admiradores com uma performance magnífica.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Sempre que uma grande banda como o Rush fica um longo período de tempo sem gravar, as expectativas aumentam. Será que conseguirão se superar ou vão se transformar numa cópia deles mesmos? Ao ouvir os quase setenta minutos deste "Vapor Trails", concluí-se que a espera valeu a pena.

Track List

1. "One Little Victory"
2. "Peaceable Kingdom"
3. "Ghost Rider"
4. "Ceiling Unlimited"
5. "The Stars Look Down"
6. "How It Is"
7. "Vapor Trail"
8. "Out Of The Cradle"
9. "Earthshine"
10. "Sweet Miracle"
11. "Nocturne"
12. "Freeze (Part IV of "Fear")
13. "Secret Touch"

Banda

Geddy Lee - baixo e voz
Alex Lifeson - guitarras
Neil Peart - bateria e percussão

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal


Outras resenhas de Vapor Trails - Rush

Rush: Não é um clássico, mas ainda assim é muito bom

Resenha - Vapor Trails - Rush

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Tunecore 2
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Loudwire: grandes bandas que lançaram dois (ou três) ótimos álbuns no mesmo anoLoudwire: grandes bandas que lançaram dois (ou três) ótimos álbuns no mesmo ano

Rush: emocionados com homenagem prestada por banda marcial dos EUARush: emocionados com homenagem prestada por banda marcial dos EUA

Beto Alone: Qual a ligação entre o Guess Who, BTO, Rush, Kiss, Guns e Lenny Kravitz?

Rush: o guitarrista Alex Lifeson explica porque dificilmente voltará aos palcosRush: o guitarrista Alex Lifeson explica porque dificilmente voltará aos palcos

Guia: 30 músicas que são portas de entrada para o mundo mágico do rock/heavy metalGuia: 30 músicas que são "portas de entrada" para o mundo mágico do rock/heavy metal

Rush: As 10 maiores linhas de baixo de Geddy Lee, pela Far Out MagazineRush: As 10 maiores linhas de baixo de Geddy Lee, pela Far Out Magazine

Rush: uma incrível baixista de 9 anos toca Tom SawyerRush: uma incrível baixista de 9 anos toca "Tom Sawyer"

Primus: Les Claypool está tomando lições de baixo com Geddy LeePrimus: Les Claypool está tomando lições de baixo com Geddy Lee

Rush: Ouça a guitarra de Alex Lifeson ao vivo sem nenhum efeitoRush: Ouça a guitarra de Alex Lifeson ao vivo sem nenhum efeito

Rush: sete músicas maravilhosas que quase ninguém conheceRush: sete músicas maravilhosas que quase ninguém conhece


Alex Lifeson: o Rock perdeu muito de sua relevânciaAlex Lifeson: "o Rock perdeu muito de sua relevância"

Rush: a mensagem incrível que o Spotify exibe no solo de Neil Peart em Tom SawyerRush: a mensagem incrível que o Spotify exibe no solo de Neil Peart em "Tom Sawyer"

Rush: uma air-drum perfeita de Tom Sayer (vídeo)Rush: uma air-drum perfeita de "Tom Sayer" (vídeo)


Guns N' Roses: Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica, odeia a banda?Guns N' Roses
Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica, odeia a banda?

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria.