RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Stamp

Resenha - Lilith - Contrappunto

Por Thiago Sarkis
Postado em 02 de maio de 2002

Nota: 8

Nós brasileiros vivemos reclamando que bandas nativas precisam sair do nosso país, assinar contrato com gravadoras de fora, e depois, provavelmente, obter alguma resposta por aqui. Porém, nunca paramos e valorizamos, por exemplo, uma empresa que trabalha em nosso território, como a Progressive Rock Worldwide, e descobre talentos tanto nacionais quanto internacionais. Pois é hora de fazer isso, já que graças ao investimento e coragem da PRW, temos no Brasil acesso a algo, ao qual poucas localidades do globo têm, em resumo, os lançamentos do espetacular grupo italiano Contrappunto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Aqueles que gostaram de "Subsidea", debute de Andrea Cavallo e seus súditos, podem ter uma pequena decepção na primeira audição de "Lilith", visto que os ouvidos precisarão se adaptar a este segundo disco.

O conjunto não mudou seu estilo, nem diminuiu a complexidade e grandiosidade nas estruturas sensacionais e inesperadas de suas composições. Porém, houve uma nítida desaceleração nas músicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Em relação às faixas que constaram no álbum anterior, talvez as oito aqui presentes sejam até mais variadas, trabalhadas e difíceis de se executar. Todavia, é um rock progressivo em formato amansado no quesito peso, intensidade, e isso pode vir a chocar alguns ouvintes.

As guitarras, ainda bastante eficientes, cederam um pouco de seu espaço a seções semi-acústicas e focalização ainda maior nos teclados do líder Andrea Cavallo. Bateria e baixo, de certo que por conseqüência, entraram numa perspectiva de acompanhamento simples, criação e manutenção de temas, base estrutural. Nada de negativo, pelo contrário, mas o resultado disso é a perda daquele relativo peso do primeiro trabalho e o surgimento de alguns momentos bem sossegados, quase new age.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

As referências feitas durante toda essa crítica, de maneira alguma buscaram depreciar este excelente álbum, que contém magnificências como "Far From Here", "Moon", "Fantasia Pour Le Piano" e "Dive In Yourself". Elas serviram apenas como aviso, pois quem o faz amigo é, e espero que os leitores estejam agora especialmente hábeis a encurtar seus períodos de adaptação e alargar o tempo para o deleite de atuações fantásticas como a da vocalista Adelaide Loru.

Site Oficial – http://www.geocities.com/SunsetStrip/2227/

Adelaide Loru (Vocais)
Sebastiano Di Paola (Guitarras & Violão)
Andrea Cavallo (Piano, Teclado & Sintetizadores)
Guido Fiori (Baixo)
Denis Militello (Bateria)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Material cedido por:
Megahard Records / Progressive Rock Worldwide – http://www.progressive.com.br
Caixa Postal: 41.698 / São Paulo / 05422-970 / Brasil
Tel: (0xx11) 3224-0709
Fax: (0xx11) 3224-8297
Email: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Andre Facchini Medeiros | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Jesus Leitão Souza | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Roberto Andrey C. dos Santos | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.
Mais matérias de Thiago Sarkis.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS