Resenha - All In Time - Mister Kite

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Site Oficial - http://www.misterkite.net

Mascotes de bandas: GigWise elege os 14 mais famososZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy

Alf Wemmenling (Vocais)
Magnus Kristensson (Guitarras & Vocais)
Tomas Djurfeldt (Teclados, Guitarra & Vocais)
Anton Johansson (Baixo & Vocais)
Mats Bergentz (Bateria & Vocais)

O debute do Mister Kite chegou ao Whiplash! como mais um trabalho de metal progressivo. Todos os comentários giravam em torno disso e o próprio 'release' da banda destacava este como o estilo adotado. Pois na prática essa idéia não se consolidou. Os toques de 'prog' realmente estão presentes e são perceptíveis faixa a faixa, porém o que se vê em abundância é um hard rock de altíssimo gabarito, com belos timbres, referências alternativas, modernidade no limite certo e melodias marcantes.

A atuação do vocalista Alf Wemmenling é de encher os olhos. Bastante emoção, agressividade, técnica e variação, não deixando que as bases de guitarra, por vezes repetitivas, incomodem e prejudiquem composições que merecem elogios mil.

Os solos são surpreendentes e exploram um campo criativo de simplicidade. Em termos técnicos, pode parecer até bobagem, com exceção à participação de Mattias IA Eklundh (Freak Kitchen) em "Seventeen Years". Contudo, analisando os mínimos detalhes, a escolha das notas, efeitos, etc., de fato chega a ser empolgante.

O Mister Kite já se especifica de cara e dá a deixa de um futuro promissor. Vale a pena conferir essa combinação de tendências escandinavas atuais e norte-americanas dos anos 80, início dos 90.

Material cedido por:
Lion Music - http://www.lionmusic.com
Box 19 Godby 22 411
Aland FINLAND
Email: info@lionmusic.com
Fax - 35818 41551




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Mister Kite"


Mascotes de bandas: GigWise elege os 14 mais famososMascotes de bandas
GigWise elege os 14 mais famosos

Zakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para OzzyZakk Wylde e Dave Grohl
A treta por causa de canções para Ozzy

Iron Maiden: em 1985, show secreto com Adrian no vocalIron Maiden
Em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal

Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Pink Floyd: The Wall é uma obra de arte conceitualPink Floyd
The Wall é uma obra de arte conceitual

Led Zeppelin: as referências em Rock and RollLed Zeppelin
As referências em "Rock and Roll"

Bon Jovi: A coleção do paulista Flávio CelestinoBon Jovi
A coleção do paulista Flávio Celestino


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.