Resenha - Premonition - Seventh Seal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


New Wave of British Heavy Metal. Foi o que me veio à cabeça logo que ouvi esse cd. Uma banda com nítidas influências dessa época, um vocalista com um timbre muito similar ao de Rob Halford, e músicas empolgantes. A capa já merece um destaque, sendo muito bem feita. A primeira música do cd, The Soul's Reaper, lembra muito Judas Priest dos anos 80. Enquanto que o cd segue com referências ao melhor período do metal, como na 2a. música, Evil Live, que remete ao Iron Maiden do cd Piece of Mind. A banda é muito competente, com timbres e solos de guitarras muito bem colocados e contagiantes, como na forte Seventh Seal, que tem uma levada muito intensa e seria perfeita para um show ao vivo. A bateria é um show a parte, com levadas fortes e uma pegada muito massacrante, o que dá ao cd uma intensidade magnífica.

Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaG.G. Allin: o extremo dos extremos

Já o vocalista Ricardo Peres, consegue ser muito versátil. Demonstra ter um timbre apuradíssimo para agudos, como nas faixas Soul's Reaper, Evil Love (essa uma faixa quase épica, com um começo meio baladeiro, mas se mostrando uma pérola do power metal nacional) e na cadenciada Tornado, enquanto nas baladas Falling Tears e God ele solta toda sua habilidade em vocais melódicos, algo muito positivo no metal.

Vale ressaltar o bom trabalho dos guitarristas Ricardo Busato e Tiago Claro, com muito bom gosto e solos bem elaborados. Destaques? A Meta anos 80 Staving Past, a faixa título Seventh Seal, a mais comercial Until the Sun doesn't Shine (que mesmo sendo uma faixa com potencial para rádio não deixa de ser muito bem feita), e as melhores de todas, The Day You're Gone e Language of Angels. Um cd nostálgico, original (com influências, não cópias) e que merece uma conferida. Uma boa dosagem de peso e melodia num bom cd. Um futuro promissor aguarda essa banda. Parabéns!

Contatos: theseal@bol.com.br

Line Up:
Ricardo Peres - Vocais, Teclados
Ricardo Busato - Guitarra
Tiago Claro - Guitarra
Guilherme Busato - Baixo
Alexandre Azevedo - Bateria (músico convidado)

Material cedido pela:
Megahard Records
Cx P.698 - São Paulo - SP - Cep: 05422-970
Fax: 0055-11-32248297 / Tel:0055-11 32240709
http://www.megahard.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Seventh Seal"


Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3Heavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

G.G. Allin: o extremo dos extremosG.G. Allin
O extremo dos extremos

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Legião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neuróticaLegião Urbana
Eduardo e Mônica, uma análise psico-neurótica

Slayer: Kerry King fala sobre sua relação com religiõesSlayer
Kerry King fala sobre sua relação com religiões

Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um

Whitesnake: em raro momento, Coverdale elogia John SykesWhitesnake
Em raro momento, Coverdale elogia John Sykes


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336