Resenha - Sons Of Thunder - Labyrinth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando De Santis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


A banda Labyrinth, uma das responsáveis pela "invasão italiana" no Heavy Metal, com o lançamento do terceiro disco, "Sons Of Thunder", prova ser uma das grandes potências do power metal mundial. Mesmo depois da saída de Fabio Lione (hoje no Vision Divine e Rhapsody), a banda conseguiu manter o bom nível musical. "Sons Of Thunder" é o segundo disco da banda com Rob Tyrant nos vocais e o rapaz mostrou ser um ótimo substituto de Fabio.

Fotos de Infância: Janis JoplinFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Um disco conceitual, onde as músicas contam uma história de romance, intrigas e ódio, algo muito bem feito, que consegue cativar os fãs. O álbum começa com a música "Chapter 1", ao som de trovões, iniciando-se toda a trama também, com muito peso e ao mesmo tempo com uma melodia fantástica. A história da música conta que Louis XIV estava dando uma festa e ele se apaixonou por Kathryn. "Kathryn" é o nome da segunda música, onde toda a história continua; Louis, com os sentimentos confusos, demonstra todo o desejo que sente por Kathryn, como na passagem "Kathryn, you'll be mine tomorrow". Tudo isso acompanhado de um power metal de primeira qualidade.

A música "Sons Of Thunder" é o grande destaque do disco, com riffs pesados, um refrão maravilhoso e belas passagens de teclado. Outro belo momento do disco é a música "Touch The Rainbow", onde a banda consegue aliar todas as qualidades dos músicos e, às vezes, acaba soando um pouco progressiva. A introdução de piano na música "Save Me" é um dos momentos mais bonitos do álbum, que tem como seqüência uma série de riffs e solos bem rápidos. A melodia do refrão é impressionante e Rob Tyrant dá um show a parte. A trama toda acaba na balada "Love" e na música "I Fell You".

A versão brasileira do cd "Sons Of Thunder", lançada pela Laser Company, ainda conta com o EP "Timeless Crime" na íntegra, com as quatro músicas: "Save Me", "Out Of Memory", "In The Shade" e "Falling Rain", e com todo o trabalho gráfico do EP incluso no encarte do álbum "Sons Of Thunder".

Um belíssimo trabalho da banda Labyrinth. Sem dúvida, o melhor trabalho deles, com músicas muito bem elaboradas e com uma história muito interessante, porém, para saber como tudo termina, somente comprando o cd...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Labyrinth"


Metal Melódico: os 10 melhores álbuns dos anos 90 - Parte 1Metal Melódico
Os 10 melhores álbuns dos anos 90 - Parte 1


Fotos de Infância: Janis JoplinFotos de Infância
Janis Joplin

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

Guns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl RoseGuns N' Roses
Transtorno bipolar, a doença de Axl Rose

Ozzy Osbourne: o morcego era quente e crocanteOzzy Osbourne
"o morcego era quente e crocante"

Dio: Vivian Campbell não tem boas recordações de Sacred HeartDio
Vivian Campbell não tem boas recordações de Sacred Heart

Queen: satisfeitos com Lambert, não querem mais ninguém após eleQueen
Satisfeitos com Lambert, não querem mais ninguém após ele


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre Fernando De Santis

Mais matérias de Fernando De Santis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336