Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel

imagemBlind Guardian divulga vídeo oficial de "Blood Of The Elves"; veja aqui

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode


Resenha - Do I Go Wrong - Ritual

Por Thiago Sarkis
Em 18/10/99

Nota: 9

Do I Go Wrong (Ritual)
Site Oficial - http://www.ritual.nu

"Do I Go Wrong" é o nome do primeiro single lançado pela banda sueca, Ritual. São 4 músicas, sendo que a última, "Breathing", é demo de 1997.
Estes suecos têm um estilo bem único e são surpreendentes. Sabem como 'levar' as músicas e os estilos presentes em cada uma delas, muito bem. Estão sempre colocando o rock progressivo em suas composições. Porém, é um rock progressivo diferente, que varia bastante, devido às diversas influências que têm de músicos de outros estilos. Em alguns momentos lembram os mais tradicionais do progressivo, como o Yes, por exemplo. Em outros chegam a me lembrar do Radiohead, com um som bem 'melancólico', mais 'calmo'. Na música "Sadly Unspoken" conseguem se enquadrar perfeitamente naquele estilo das extraordinárias 'acústicas' do Led Zeppelin... e assim vão os suecos, variando e surpreendendo a cada composição.
Os músicos são bons e têm, na criatividade, o seu ponto mais forte. O destaque vai para Patrik Lundström, um excelente vocalista, bem versátil, dono de uma voz no MÍNIMO muito agradável.
Esse single é perfeito para quem quer saber mais sobre a banda, mas não quer se 'arriscar', comprando, logo de cara, o primeiro CD. É uma ótima demonstração do que eles são capazes de fazer. Extremamente indicado para pessoas que estão sempre a procura de 'novos' estilos e idéias.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.