Resenha - Oracle - Ring Of Fire

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Primeiro uma explicação. O álbum que continha o nome "Ring Of Fire" foi o segundo solo de Mark Boals, ou seja, ele se aproveitou daquele título e o usou em sua nova banda, cujo debute, "The Oracle", comentaremos agora.

Iron Maiden: a reação de Bruce Dickinson ao ver músicas da era Blaze no setBlasfêmias?: Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Um grupo com Vitalij Kuprij, George Bellas, Philip Bynoe e Virgil Donati, além do supracitado vocalista, dificilmente dá errado. São monstros de técnica, gênios de seus instrumentos, atuando ao mesmo tempo, agrupando idéias fantásticas, compondo lado a lado. O resultado é um bando... de queixo caído com os absurdos tocados.

A produção, como não poderia ser diferente, também acerta na mosca. Detalhes gráficos idem e tudo mais que você possa imaginar em estado límpido e correto. Então chegamos à perfeição? Não, nem perto disso.

Podem chamar de chatice ou do que quiserem, mas "The Oracle" é simplesmente previsível. Que os vocais, teclados e guitarras seguissem uma mesma linha, sem problemas, pois seus mentores têm um passado no melódico, power e neoclássico. Agora, Bynoe e Donati admitindo isso e meramente atuando, executando composições? É de certo triste.

Tecnicamente um álbum perfeito. As músicas também apresentam inspiração e temos beldades como "Circle Of Time", "Shadow In The Dark", "Dreams Of Empire" e "Interlude". Entretanto, é tudo aquilo que você esperava quando viu cada um daqueles nomes listados em conjunto.

Os cinco são magníficos músicos, mas se esqueceram, na maioria dos sessenta e cinco minutos aqui presentes, de deixar aquele toque de gênio que já executaram dantes, com Virgil Donati e seu "Alien Hip-Hop", Philip Bynoe ao lado de Vai, George Bellas e Vitalij Kuprij em seus álbuns solo e Mark Boals cantando e conseguindo até ofuscar Yngwie J. Malmsteen em "Alchemy".

Formação:

Mark Boals (Vocais)
George Bellas (Guitarras)
Vitalij Kuprij (Teclados)
Philip Bynoe (Baixo)
Virgil Donati (Bateria)

Site Oficial - http://www.ringoffiremusic.com

Material cedido por:
Hellion Records - http://www.hellionrecords.com
Rua 24 de Maio, 62 - Lojas 280 / 282 / 308 - Centro.
São Paulo - SP - BRASIL
CEP: 01041-900
Tel: (11) 5083-2727 / 5083-9797 / 5539-7415
Fax: (11) 5549-0083
Email: hellion@uol.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ring Of Fire"


Iron Maiden: a reação de Bruce Dickinson ao ver músicas da era Blaze no setIron Maiden
A reação de Bruce Dickinson ao ver músicas da era Blaze no set

Blasfêmias?: Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusBlasfêmias?
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Metallica: Jason Newsted, 14 anos de humilhaçãoMetallica
Jason Newsted, 14 anos de humilhação

Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-colaAquiles Priester
Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Dimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músicoDimebag Darrell
Namorada fala sobre a vida e a morte do músico

Slash: irmão diz que Axl é um bastardo gordo e reunião é besteiraSlash
Irmão diz que Axl é um bastardo gordo e reunião é besteira

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336