Resenha - Burning - Thunderstone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar Correções  

9


Em 2002, quando lançou o seu primeiro CD auto-intitulado via Nuclear Blast, a banda finlandesa Thunderstone teve uma boa projeção a nível mundial, como mais um respeitável nome dentro do metal melódico. E com a confirmação deste nome no cenário, em janeiro de 2004 saiu o segundo álbum da banda, "The Burning", também pela Nuclear Blast e em versão nacional aqui no Brasil pela mesma gravadora, em parceria com a Paradoxx Music. Obviamente que a banda manteve o seu bom gosto musical, e todos aqueles que apreciam o estilo irão curtir este novo disco.

publicidade

Pasi Rantanen (vocal), Nino Laurenne (guitarra), Titus Hjelm (baixo), Kari Tornack (teclado) e Mirka Rantanen (bateria) unem com perfeição o metal melódico, toques de progressivo e o power metal no som do Thunderstone. Com um diferencial, o vocalista que possui um timbre mais grava e que mal investe em notas altas e agudas, o grupo finlandês também investiu em um pouco de hard rock como influência, o que acaba ficando muito bom para o estilo da banda. Isto porque de uma certa forma o Thunderstone foge de todas as possíveis comparações com os conterrâneos do Stratovarius. Por não investir em "frescuras", o heavy metal do Thunderstone pode ser caracterizado como dinâmico, e por isso não irritará ou enjoará com facilidade todos os que ouvirem "The Burning". Além de todas estas qualidades, posso dizer que o time de músicos ótimos também contribuiu para o bom nível deste CD.

publicidade

Abrindo com uma música com uma boa "atmosfera", "Until We Touch the Burning Sun" conta com momentos cadenciados, boas partes no teclado e uma interessante dose de riffs pesados e outros mais para o lado do hard rock. De um lado contrário está "Break the Emotions", outro destaque, esta por ser aquelas típicas canções power metal, com peso característico e um refrão "grudento", com direito a coro e tudo mais. Investindo em um pouco mais de progressivo do que o habitual, a faixa "Spire" também merece ser citada, sendo que esta composição para mim será um dos pontos altos da nova turnê da banda. Com muito peso vem o próximo destaque, "Side by Side", sucedida por outra composição bem progressiva, "Drawn to the Flame", que acaba sendo ao meu ver, o último grande destaque do "The Burning".

publicidade

Quem sabe, este CD poderá ser um forte candidato a melhor de 2004, mas isto ainda é cedo para se dizer. Mas pelo menos, o Thunderstone fez a sua parte e contribuiu de forma eficiente com um belíssimo material, que acaba não ficando com uma nota "dez" pelo simples fato de hoje em dia não ser possuidor de muita criatividade...

Site oficial: www.thunderstone.org

publicidade

Line-up:
Pasi Rantanen (vocal);
Nino Laurenne (guitarra)
Titus Hjelm (baixo);
Kari Tornack (teclado);
Mirka Rantanen (bateria).

Track-list:
01. Until We Touch the Burning Sun
02. Break the Emotions
03. Mirror Never Lies
04. Tin Star Man
05. Spire
06. Sea of Sorrow
07. Side by Side
08. Drawn to the Fiame
09. Forth into the Black
10. Evil Within

publicidade


Outras resenhas de Burning - Thunderstone

Resenha - Burning - Thunderstone




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Power Metal: 20 bandas para quem é fã do estiloPower Metal
20 bandas para quem é fã do estilo


Heaven & Hell: mistérios e autocensura na capa de álbumHeaven & Hell
Mistérios e autocensura na capa de álbum

Kiss: Perguntas, respostas e curiosidades diversasKiss
Perguntas, respostas e curiosidades diversas


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin