Resenha - Life Before Insanity - Gov't Mule

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Haroldo
Enviar Correções  

7


Gov’t Mule, a nova face do southern rock, é mais do que um Allman Brothers versão 2000. É a força bruta da atual cena sulista, agora em seu 3º álbum de estúdio, este caprichado Life Before Insanity. Das mãos perfeccionistas do produtor Michael Barbiero (Soundgarden, Blues Traveler, Guns & Roses) resulta a mais visível tentativa de obter resultados comerciais satisfatórios, sem abdicar das raízes sonoras da banda. É esmero em cada detalhe. Um deles é a participação do badalado Ben Harper na boa "Lay Your Burden Down", onde Harper canta e toca lap steel.

publicidade

O power trio escolheu 12 faixas (a 12ª - "If I Had Possession Over Judgement Day" – vem escondida) que já vinha tocando em seus shows, e mais algumas novas, numa mescla bem equilibrada de hardblues/rock. O trabalho de Barbiero foi lapidar a característica jamsession do som da banda em um formato mais radiofônico. A primeira música do disco – a poderosa "Wandering Child" - é a mesma que abriu muitos shows da banda. Depois dela sucedem a faixa-título – uma bela hard ballad – e o primeiro single a ir para as rádios americanas, "Bad Little Doggie", um boogie no antigo estilo do ZZ TOP. Daí pra frente percebe-se a sutil diferença nesse novo Mule: um grande cuidado com as passagens acústicas e climáticas. Para isso foram recrutados o tecladista Johnny Neel e o gaitista Hook Herrera, ambos com servidos prestados ao Allman Brothers.

publicidade

Difícil dizer quais as melhores músicas deste novo álbum, já que é bastante homogêneo. Ele é bastante parecido com os anteriores e também um pouco diferente. Os velhos fãs não devem se decepcionar: estão aí os vocais típicos e a slide guitar de Warren Haynes mais a excelente bateria de Matts Abts. Tudo isso dentro da melhor gama de composições que Haynes já gravou.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1995Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1995

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 2001Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 2001


Megadeth: O recadinho provocante da vocalista do HuntressMegadeth
O recadinho provocante da vocalista do Huntress

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"


Sobre Paulo Haroldo

Ex-comerciante, divorciado (liberdade ainda que tardia). Preferências musicais: Hard Rock (principalmente anos 70), Blues, Heavy Metal sem podreira, Progressivo (não confundir com ProgMetal), e todo bom rock/pop feito sem samplers, computadores e outros artifícios eletrônicos que só servem para mascarar falsos músicos. Exterminador de hip-hoppers...

Mais matérias de Paulo Haroldo no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin