Resenha - One More For Rock 'N' Roll - Jetboy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

7


O Jetboy vem disfarçadamente à sua porta perguntar: "Será que ainda há espaço pra nós? Vocês curtem isso?". Nitidamente este é o objetivo com "One More For Rock ‘N’ Roll" (2002), uma coletânea de músicas antigas do grupo, contendo algumas raridades.

publicidade

As respostas ditarão o futuro. Se canções como "Feel The Shake" emplacarem novamente, eles seguirão em frente. Caso contrário, param de novo.

A história do conjunto já é bastante estranha. Bons músicos compondo canções pegajosas e que na época caiam como luvas para as rádios e à onda do hard rock oitentista. Tiveram seus instantes de exposição e sucesso, e caíram de maneira impetuosa após meses.

publicidade

Com composições tiradas de "Feel The Shake" (1988) e "Damned Nation" (1990), eles revivem certo prestígio, e mandam um ótimo hard rock, não só com o famoso hit que deu título ao debute, como também com "Heavy Chevy", "Stomp It Down" e "Trouble Comes". Além destas, as novidades, em evidência a fiel cover de "Hard Luck Woman" do Kiss.

Talvez tenha passado a hora deles estourarem certeiramente. Entretanto, aprovados, novamente eles estão e só precisam de uma produção mais atualizada para arrebentarem, nem que seja para um público menor do que pretendiam quando debutaram há exatamente quinze anos atrás.

publicidade

Line-Up
Mickey Finn (Vocais)
Billy Rowe (Guitarra)
Fernie Rod (Guitarra)
Sam Yaffa (Baixo)
Ron Tostenson (Bateria)

Material cedido por:
Perris Records – http://www.perrisrecords.com
Telefone: +1 512 260 6835
Email: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


G.G. Allin: o extremo dos extremosG.G. Allin
O extremo dos extremos

Rob Halford: Ninguém escolhe ser GayRob Halford
"Ninguém escolhe ser Gay"


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin